Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qui | 17.01.19

Diário da Gratidão #17

Purpurina
Sinto-me grata por todos os livros que li, que estou a ler e que lerei.Os livros são objetos maravilhosos que, claramente, mudam vidas. A minha mudou por causa dos livros. E continuará, certamente, a mudar.
Qui | 17.01.19

Eu tinha tantas certezas antes de ter filhos

Purpurina
Mesmo antes de saber que queria ser mãe, sabia exatamente como deveria ser educada uma criança.Sabia exatamente o que era e o que não era admissível e que tipo de atitude se devia ter em cada situação.Agora, que tenho 3 filhos, as minhas certezas anteriores dão-me vontade de rir... e de chorar.Perdi a conta aos livros que li sobre educação, sobre bebés, crianças, parentalidade, disciplina positiva, birras, alimentação saudável e tantas outras coisas. E continuo a ler. E, ao (...)
Qui | 17.01.19

Diário da Gratidão #16

Purpurina
Hoje sinto-me muito grata por ter tido uma formação maravilhosa, em trabalho, onde aprendi imenso. Foi mesmo algo muito positivo e muito gratificante. Aprender é mesmo uma das melhores coisas que existem.
Qua | 16.01.19

Maria #20

Purpurina
No fim de semana fiquei umas horas em casa com a Maria e o Eduardo enquanto o Milton foi fazer umas compras com a Lara.Eu ia tratando de coisas da casa e a Maria ia brincando sozinha, mas sempre a chamar-me para perto dela. Eu dizia-lhe que tinha que arrumar a cozinha para depois podermos almoçar e que mais tarde brincaria com ela.O bebé estava perto dela também, mas eu estava sempre de olho neles.Ainda assim, depois de os ter deixado uns segundos sozinhos, vou dar com a Maria a fingir (...)
Ter | 15.01.19

Diário da gratidão #15

Purpurina
Sinto-me grata pela música, a mais humana e sublime forma de arte. A música é, para mim, a maior expressão de beleza da alma humana. Não sei o que faria sem música. :PAcho que todos nos sentimos gratos pela música, não é? :)
Seg | 14.01.19

Diário da Gratidão #14

Purpurina
Sinto-me grata e pela leveza que existe na minha vida, todos os dias. Mesmo naqueles dias em que as coisas não correm tão bem, sinto-me geralmente leve e feliz no final do dia.Nem sempre foi assim e isto é uma coisa que tenho vindo a treinar há algum tempo: o foco naquilo que é realmente importante. Creio que este estado mental já precisa de menos treino e já está praticamente automatizado. :) Sinto-me grata por isto todos os dias.
Seg | 14.01.19

Sobre os sítios onde nos perdemos

Purpurina
Depois de jantar e já com as "coisas despachadas", uma pessoa senta-se em frente ao computador para escrever um pouco no blogue.Vou navegando pela net à procura de uma música que acompanhe a escrita e dou por mim a fazer "zapping" no Youtube.Depois deparo-me com isto e fico aqui presa durante quase todo o tempo que ia dedicar à escrita. E começo a divagar sobre a Internet, as Redes Sociais e a (...)
Dom | 13.01.19

Diário da gratidão #13

Purpurina
A minha casa: luminosa, minimalista e pequena.Parece-me sempre perfeita porque, apesar de sermos 5 num T2, isso acaba por ser bom porque estamos sempre juntos e sabemos sempre o que se passa em todo o lado. Adoro viver aqui.
Sab | 12.01.19

Maria #19

Purpurina
 A Maria, com 2 anos e meio, está numa fase super engraçada de esconder coisas.Então, rouba um brinquedo da Lara, com o qual lhe tinhamos dito que não podia brincar (podem existir diversos motivos para isso desde ter batido com o brinquedo na Lara ou ter tentado parti-lo ou ser perigoso para ela) e esconde-o dentro de qualquer coisa com um ar muito comprometido.Depois olha para nós e diz:"A Maria escondeu. Agora não há!"E nisto vão desaparecendo objetos da casa e aparecendo nos (...)
Sex | 11.01.19

Diário da Gratidão #11

Purpurina
Sinto-me muito grata por ser sexta-feira e ter o fim de semana para descansar (o que for possível descansar com três filhos pequenos).A Maria está com uma virose e entre o bebé a mamar de noite e a Maria a choramingar, eu e o Milton não temos dormido nada de jeito e estamos a ansiar pelo fim de semana como uns doidos.
Sex | 11.01.19

Diário da gratidão #9

Purpurina
Sinto-me grata pelo Netflix. :)Apesar de não ver televisão há vários anos, gosto muito de séries e filmes e o Netflix tem sido uma companhia muito especial para todos nós. ;)
Qui | 10.01.19

Queda de cabelo pós parto: diferenças entre o 1º, o 2º e o 3º parto

Purpurina
 Atentem na foto artística (not)  atrás da cortina. Sempre tive um jeito muito moderado para isto das fotos mas tinha que ilustrar o post com qualquer coisa não é? Se calhar não. Adiante.1ª vezNa primeira vez que tive queda de cabelo pós parto fiquei em pânico e procurei logo um dermatologista. Fiz tudo o que ele disse e comprei uns comprimidos caríssimos, uma loção caríssima que dava imenso trabalho a aplicar e um champô igualmente caro. Uma loucura para conservar o cabelito.2 (...)
Qua | 09.01.19

Maria #18

Purpurina
Estou na sala quando oiço a Maria a gritar desesperadamente, como se estivesse com dores ou algo assim.Só oiço isto: "Aiiii, aiiii, aiii!"Bom... o Milton está com ela para jantar e parece calmo (até divertido), por isso não é com muita pressa que me dirijo à cozinha para ver o que se passa.Encontro a Maria com as duas mãos sobre a boca e o nariz, com um ar muito aflito.Diz ela:"Aiiiii, aiiii, aiiii... cheira a sopa!"Devia ter imaginado o motivo da dor. :D
Ter | 08.01.19

Diário da Gratidão #8

Purpurina
Sinto-me muito grata por trabalhar naquilo que gosto e me sentir sempre muito entusiasmada por ir trabalhar.Após mais de ano sem trabalhar regressei ao trabalho na semana passada e, ao sentar-me na minha cadeira, foi como se nunca tivesse deixado de trabalhar. Senti um conforto e uma familiaridade muito bons mesmo. Os meus colegas, para além do trabalho em si, são um factor determinado para eu gostar tanto do meu trabalho. 
Seg | 07.01.19

Amamentar o terceiro filho

Purpurina
Antes da minha filha mais velha nascer não sabia se queria amamentar. Então decidi que não ia decidir nada. Logo se veria se estava na disposição de amamentar ou não. De qualquer maneira, para não ser apanhada desprevenida, fartei-me de ler sobre o assunto durante a gravidez.Quando a Lara nasceu quis amamentar. Não foi fácil, mesmo nada. Tive dores que fizeram o parto parecer uma brincadeira de crianças. Mas resisti e passados dois meses passou a ser maravilhoso (falo sobre a (...)