Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qua | 22.05.24

"Materia Negra": Reflexões Filosóficas Sobre Escolhas e Identidade

Purpurina
A série "Matéria Negra" que estreou recentemente na Apple TV+ tem sido uma das minha preferidas de momento. Criada por Blake Crouch, a série é baseada no seu romance homónimo de 2016. A história gira em torno de um físico em Chicago que, de forma inesperada, é transportado para uma versão alternativa da sua própria vida. Nessa realidade distorcida, ele descobre que enfrenta uma versão má de si mesm , determinado a prejudicar a sua família e o seu futuro. Agora, o protagonista (...)
Ter | 21.05.24

Os meus filhos pareciam um duendes atarefados e muito eficientes

Purpurina
Educar crianças é como andar na corda bamba entre a responsabilidade e a diversão. Por um lado quero que se divirtam e passem tempo a brincar, por outro, quero incutir-lhes a responsabilidade de contribuirem para o bem da família, responsabilizando-se por uma parte da organização da casa. Com este propósito em mente, decidi testar algo novo com os meus três filhos de 5, 7 e 10 anos: atribuí-lhes a árdua missão de dobrar e arrumar a roupa miúda e aborrecida lavada, como cuecas (...)
Ter | 07.05.24

Devaneios sobre Lisboa e Solidão

Purpurina
Uma das coisas que mais apreciava em Lisboa era o conforto que sentia entre desconhecidos. Sabem aquela expressão que se usa para descrever um sentimento de tristeza profunda que é estar só no meio de uma grande família ou de muitos conhecidos? Em Lisboa, eu sentia o oposto disso. Sentia-me muito confortável entre desconhecidos. Sentia isso ao percorrer a Avenida São Jorge Sozinha, ao ir ao cinema, ao passar a noite no apartamento que dividia com raparigas de quem nem me lembro o nome. Nin (...)
Sex | 03.05.24

Maria #59 - Bananas

Purpurina
De manhã, ao pequeno-almoço. "Meninos, vou juntar aos pequenos- almoços uma banana." Na dúvida se a Maria quereria ou não, pergunto-lhe: "Maria, queres uma banana?" Responde-me a Maria, muito convicta: "Não fui feita para comer bananas."
Ter | 30.04.24

Ainda sobre o 25 de abril

Purpurina
Foto daqui. Escrever, seja o que for, sobre a revolução de 25 de abril é, para mim, muito difícil. Sinto que tenho muito pouca autoridade para falar sobre uma data tão importante para Portugal e para a vida de todos os portugueses. Nasci depois do 25 de abril e se tive uma vida mais fácil e leve foi, com certeza, porque esse dia existiu. E ter uma vida leve, alegre e feliz pode (...)
Ter | 30.04.24

10 jogos simples para entreter as crianças num restaurante

Purpurina
Às vezes, levar os mais pequenos a um restaurante pode ser um desafio, especialmente quando a tentação dos telemóveis e tablets está sempre presente. No entanto, existem alternativas divertidas e interativas que podem manter as crianças entretidas enquanto esperam pela comida. Aqui estão 10 jogos simples que não exigem muito material e são uma excelente alternativa aos dispositivos eletrónicos: Jogo das Palavras Encadeadas:Uma palavra leva à outra enquanto cada pessoa diz uma (...)
Qui | 25.04.24

Lara #48

Iorgurte de "Pau"

Purpurina
Quando a Lara era pequenina, perguntou-me, uma vez, se lhe poderia voltar a enviar para o lanche "Iogurte de Pau". Depois de alguma reflexão, lá percebi o que ela queria dizer. 
Qua | 24.04.24

A aldeia dos meus avós

Purpurina
O Casal de São Brás, em Ansião, a aldeia onde os meus avós maternos, Joaquim e Maria Joaquina Dias, viveram, foi um dos lugares mais marcantes da minha infância. No Casal de São Brás, desfrutei de aventuras reais e imaginárias com os meus primos mais próximos em idade, percorrendo caminhos ladeados por árvores de todas as espécies e arbustos carregados de amoras pretas. Os muros de rocha delineavam os trilhos, e não muito longe, encontrávamos uma lagoa habitada por rãs, um (...)
Qua | 10.04.24

Três Livros para Crianças de 10 Anos

Purpurina
Um dos orgulhos da minha vida é o interesse que os meus filhos mostram por livros.  Até o Eduardo, que ainda não sabe ler, adormece quase sempre depois de ter um livro na mão, nem que seja para observar as imagens e a inventar histórias a partir delas. A Maria está a descobrir a Banda Desenhada e a Lara está a ler o primeiro livro do Harry Potter. A literatura tem o poder de, tal como faz com os adultos, transportar crianças para mundos mágicos, despertando a imaginação e (...)