Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Ter | 07.06.22

Lara #46

Purpurina
"Estava com frio nas mãos." disse ela, quando foi à casa de banho, durante a noite e a encontrámos com as meias nas mãos e nos braços.
Qui | 02.06.22

Fomos jantar fora e mandaram os meus filhos calar!

Purpurina
Jantar num dia de verão, numa esplanada estrategicamente localizada numa rua pitoresca, é uma das minhas atividades preferidas. Se existir uma planta, uma árvore ou alguma verdura por perto, a coisa torna-se quase perfeita! Com os meus filhos um pouco mais crescidos, achei por bem partilhar esta atividade satisfatória com eles. Assim, o Milton e eu decidimos ir jantar fora com os miúdos, num dos muitos restaurantes que existem perto da nossa casa, em Ponta Delgada. Reservámos um (...)
Sex | 11.03.22

Como tirar os miúdos da frente dos ecrãs?

Purpurina
Com uma grande dose de paciência e alguma convicção. Por aqui, temos fases. Nas fases de cansaço extremo, em que queremos só mais 10 minutos para dormir de manhã, o Milton, em modo semi-automático, liga a televisão aos miúdos. Nos dias em que estamos mais convictos e capazes de ouvir umas reclamações mais ou menos agudas, indicamos que não vai haver televisão e que devem entreter-se de uma forma mais rudimentar, que é como quem diz: brincando. A regra costuma ser sempre (...)
Sex | 27.08.21

Restaurantes amigos das crianças

Purpurina
Quando queremos jantar ou almoçar fora, somos 5 e 3 de nós são especialmente mexidos e barulhentos. Não é muito fácil estar em sossego, com crianças, num restaurante, por isso, quando decidimos fazer este tipo de programa, escolhemos muito bem o restaurante. Não nos aventuramos muito e gostamos de regressar aos locais onde sabemos que a coisa tem maior probabilidade de correr bem. Posto isto, existem alguns detalhes que fazem a diferença quando vamos comer fora com os miúdos. (...)
Qui | 12.11.20

Quando desligamos a televisão, acontecem coisas maravilhosas!

Purpurina
O Eduardo descobriu que tem voz. E que pode utilizá-la para exprimir a sua vontade. Com veemência. Este facto tem tornado as nossas manhãs e noites um pouco ensurdecedoras. Ocorre que temos apenas uma televisão. E o Ipad da casa avariou e não o substituimos. Ocorre ainda que existem mais duas crianças em casa que calham a não ter o mesmo gosto para programação televisiva. De modo que resolvemos a questão da única maneira que julgamos possível: ninguém vê televisão. Pronto. (...)
Qua | 14.10.20

Maria #45

Os idosos

Purpurina
Recentemente, a professora da Maria falou sobre os idosos na sala de aula.  Vestiu-se de velhinha e deve ter interpretado o seu papel com tanto talento que a Maria ficou bastante impressionada. Desde então faz-me muitas perguntas sobre os idosos. Quem são os idosos, quais as suas características, se eu conheço idosos, e por aí fora. No outro dia, estávamos a vir da escola a pé, quando uma senhora de bengala e cabelo branco (por acaso, idosa) saiu de um autocarro e ficou a (...)
Seg | 14.09.20

Como fazer uma criança tomar um remédio muito amargo?!

Purpurina
A Lara apanhou uma infeção bacteriana, comum em crianças da idade dela, mas que implicou a tomada de um antibiótico específico que não existe em xarope. Assim, ela tinha umas cápsulas enormes para tomar, de 8 em 8 horas, durante uma semana. A solução da pediatra foi desfazer o conteúdo da cápsula numa colher com água para a Lara conseguir tomar. Acontece que o sabor daquele pó é intragável (o Milton confirmou) e a Lara recusava-se a tomar aquilo. Na primeira vez cuspiu o (...)
Qui | 03.09.20

Milton, o encantador de crianças

Purpurina
Estávamos todos na praia, menos a Lara que estava em casa da avó (por ter umas feridas na pele que não deviam entrar em contacto com a areia).  A Maria e o Eduardo estavam entusiasmadíssimos na água e como o mar estava muito calmo, era fácil um de nós ficar com as duas crianças na água enquanto o outro ficava mais ou menos livre. Numa das alturas em que estava com os miúdos na água reparei que o Milton estava com alguns miúdos a olhar fixamente para as rochas à beira da água. Quando me aproximei percebi que as crianças (uma menina de uns 4 ou 5 anos e um rapaz grande de uns 9 ou 10) estavam a tentar apanhar um caranguejo pequeno e pediram ajuda ao Milton, que lhes emprestou os nossos baldes de plástico.
Dom | 19.01.20

Lara #31

Perguntas e Respostas

Purpurina
  1- Qual o nome da mãe ? Mãe Marques Moura (claramente a gozar). 2- A mãe é gorda ou magra? Gorducha ihihihih. 3- Alta ou baixa? Alta. 4- O que a mãe gosta de comer? Cenoura. 5- O que a mãe gosta mais de vestir? Não sei. 6- Quantos anos a mãe tem? Não sei. 7- Quantos kg a mãe pesa? Não sei. 8- Que presente gostarias de dar à mãe? Não sei. 9- Quem ama mais a mãe? Eu. 10- O que a mãe é? É uma pessoa. 11- O que a mãe sempre te diz?  Não sei. 12- Para onde (...)
Dom | 12.01.20

Como são: o Eduardo com 16 meses, a Lara com 5 anos e a Maria com 3 anos

Purpurina
  Eduardo Como o tempo não tem abundado por estes lados, hoje faço um texto "todos em um" para não deixar de registar como têm sido estes dias. O Eduardo está cada vez mais adorável e enérgico. Ele não pára quieto e está sempre a fazer "escadas" e "escadotes" para chegar a todo o lado. Se eu pensava que a Lara era a alpinista da família estava muitíssimo enganada! O rapaz escala tudo o que encontra pela frente, corre de um lado para o outro, dança, pula, anda sempre a (...)