Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Seg | 03.05.21

Lara #44

Purpurina
A Lara recebeu um diário muito fofinho no seu aniversário. Para mim, é um presente muito especial. Tive dezenas de diários e adorava escrever neles. Só deixei de o fazer com mais de 20 anos, quando passei a ter blogues. À noite, depois de meter os miúdos na cama, estava a conversar com a Lara e a explicar-lhe porque é que um diário era tão especial, para que servia e que tipo de coisas ela poderia escrever nele: as coisas que tinham acontecido, as coisas que a deixavam mais (...)
Seg | 26.04.21

"Afinal a mãe não é assim tão má"

Purpurina
Desde que começámos os confinamentos,  que o meu tom de voz foi subindo uns decibéis, tão naturalmente que, de acordo com as minhas filhas, parece que estou sempre a gritar e até parece que dou "Bom dia!" a ralhar. Eu diria que elas é que estão demasiado sensíveis, mas não temos tido grandes formas de nos compararmos com outros humanos. Até ao último fim de semana, quando fomos até um parque infantil ao fim da tarde. Estavam as miúdas a andar de baloiço quando ouvimos, a (...)
Qui | 22.04.21

Como tornar especial um quarto de crianças minimalista

Purpurina
Os meus três filhos dividem o quarto. As meninas dormem num beliche e o rapaz ainda dorme no berço. Eles adoram! Fazem uma festa à noite e prezam muito a companhia uns dos outros. Não é raro enfiarem-se na cama dos irmãos a fazer cócegas, a contar histórias ou simplesmente, a brincar e a adiar a hora de dormir o mais possível. O quarto tem um tamanho razoável. Não é muito grande, mas é acolhedor e, sobretudo, minimalista. Temos poucos brinquedos expostos e tudo tem o seu (...)
Seg | 19.04.21

A Lara fez um Workshop de pintura nas férias da Páscoa

Purpurina
O Milton já queria inscrever a Lara num Workshop de pintura lecionado pelo Martim Cymbron há 2 anos. O workshop era para crianças maiores por isso não foi nesse ano. Inscrevemo-la nas últimas férias de Páscoa.  A Lara sempre gostou muito de pintar e desenhar, e está sempre a inventar coisas. Copia os quadros que temos cá em casa e, no nosso olhar muito pouco objetivo de pais, achamos que o faz (...)
Sex | 16.04.21

A Lara escreveu um livro de auto ajuda para a mãe

Purpurina
Para mim, portanto. Digamos que tenho uma personalidade ansiosa e um pouco controladora, o que me faz levantar a voz com facilidade e ter um toque nervoso na forma de falar, quando a coisa não está a modos de me parecer bem. Neste contexto, os meus filhos (em especial as raparigas) queixam-se um bocado e chamam-me "mãe gritona".  Em minha defesa afirmo que não costumo andar aos gritos com os miúdos por tudo e mais alguma coisa. Tenho é uma forma de falar algo acelerada e um ou (...)
Sab | 03.04.21

Os 7 anos da Lara e uma reunião de amigas

Purpurina
Quando a Lara fez 6 anos, fizémos uma festa na escola, com pula-pulas e todos os colegas da turma. Na altura, já com o Covid-19 presente nas vidas de todos, pensei muito se devia fazer a festa ou não. Decidi fazer. Estariam presentes apenas as pessoas que estavam com ela todos os dias, mais as senhoras da empresa dos pula-pulas e nós, os pais. Claro que me assegurei que tomávamos todos os cuidados possíveis para prevenir qualquer contágio. Na altura, não estavam em vigor regras (...)
Qua | 31.03.21

Eduardo #19

Purpurina
A situação é a seguinte: Estou sentada no sofá com o Eduardo, a chamar-lhe a atenção por ter estado a pular no sofá. E o que é que ele faz, esta formiga com 2 anos e meio? Encosta a cabeça para trás, fecha os olhos e começa a ressonar, fingindo que está a dormir.
Sab | 27.03.21

Eduardo #18

Técnica para adormecer um menino de 2 anos, nada interessado na sesta

Purpurina
Eduardo, 2 anos e 7 meses. O Eduardo nunca quer dormir a sesta. Temos que o adormecer ao colo.  Se o Milton o consegue adormecer sentado, eu só consigo com ele  ao colo, em pé, a andar de um lado para o outro. É como fazer pesos no ginásio durante uns 15 minutos, com sorte. Estava eu com o Eduardo ao colo, ele a espernear por todo o lado, a dizer que não queria dormir e a dificultar-me muito a tarefa. Começo rapidamente a pensar numa técnica para domar aquele ursinho, que (...)
Seg | 22.03.21

Eduardo #17 ou "Apetite Madrugador"

Purpurina
O meu filho Eduardo tem 2 anos e meio e é um grande comilão. Para nossa alegria, claro. Se ele pudesse passava o dia a comer: pão, bolachas, bananas e papas de aveia.  Acorda todos os dias entre as 6 e as 6h30 da manhã e a primeira coisa que diz é: "Quero comer papa de aveia." É isto todos os dias, sem exceção. Sempre a mesma frase e o mesmo pedido para o pequeno-almoço. Numa destas noites, acordou às 5h00 da manhã a pedir para comer papas de aveia. O pai, que o foi (...)