Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Seg | 28.12.20

20 coisas muito boas de 2020

Purpurina
2020 foi um ano desafiante para muitos de nós. E eu não quero, de forma nenhuma, minimizar tudo o que aconteceu de menos bom para muitas pessoas. Mas 2020 teve muitas coisas boas. Quando olho para trás não consigo deixar de pensar em todas as coisas boas que este ano teve. E sinto verdadeira gratidão por tudo de bom que tive este ano, mesmo as coisas aparentemente mais simples. Acho que tenho uma natureza otimista que me obriga a esquecer rapidamente as coisas más e a lembrar-me (...)
Dom | 20.12.20

Maria, a cantora

Purpurina
A Maria tem uma voz maravilhosa e é muito afinada. O pai diz que tem um bom ouvido. Comecei a notar isso no ano passado, ao ouvi-la cantar, muito afinadinha, as músicas de Natal que aprende na escola.  É de tal forma que fico super emocionada e de lágrima no olho quando a Maria canta. Até podia dizer que é por ser minha filha que a oiço assim, mas tenho mais dois filhos e nenhum deles me parece cantar especialmente bem. Tentámos que fosse para o coro da escola, mas como não (...)
Qui | 17.12.20

Neste Natal ofereçam livros. Eu explico porquê.

Purpurina
Os livros abrem-nos a mente para possibilidades infinitas. Um livro nunca nos deixa sentir sozinhos. Os livros dão-nos conhecimento, sabedoria, fazem-nos sonhar, fazem-nos vestir a pele de 1000 personagens diferentes e, sobretudo, podem mudar a nossa vida. Ler é das melhores coisas que podemos fazer e um dos melhores hábitos que podemos passar aos nossos filhos. Cá em casa temos sempre muito livros. Temos livros diferentes todas as semanas. Apercebi-me, este ano, que nossos, temos (...)
Qui | 10.12.20

Lara #42

Uma pulseira da amizade

Purpurina
Eu gostaria de colocar neste texto a tag "educação" mas, em abono da verdade, não posso. Acho mesmo que isto, em particular, não está relacionado com educação. A Lara sempre foi uma menina muito sensível  e sempre procurou fazer algum tipo de agrado às outras pessoas, mesmo que tivesse vergonha de o fazer. Às vezes faz presentes para alguém e pede-me que seja eu a entregar. Tento contrariar um pouco essa "reserva", mas aceito e respeito. Eu sou igual (na reserva e não tanto (...)
Ter | 08.12.20

Lara #41

Purpurina
Hoje à noite, a Lara pediu-me para ficar um bocadinho ao pé dela na cama. Os irmãos já dormiam e ficámos a conversar um bocadinho, baixinho. A determinada altura, aproveitei para lhe pedir desculpa pelas vezes que gritei com ela e me enervei. Disse-lhe que às vezes tenho que lhe chamar a atenção, mas que gritar é sempre algo a evitar. Disse-lhe, também, que quando grito com ela a culpa é sempre minha e não dela. Diz-me ela: "Sabes, acho que gritas muito porque tens a (...)
Qui | 03.12.20

O melhor presente de Natal para os avós

Purpurina
  Todos gostamos de oferecer presentes inesquecíveis, mas nem sempre temos imaginação para conceber um presente original, bonito e com significado verdadeiramente especial para quem o vai receber. Às vezes é realmente difícil saber o que oferecer aos avós e lá vão as muito apreciadas, mas nada originais, fotos em todos os formatos possíveis: em canecas, em molduras, em álbuns, em livros, em aventais, em puzzles e em carteiras. Este ano vou dar-vos a melhor dica de sempre (...)
Seg | 30.11.20

7 dicas para fazer teletrabalho com 3 crianças pequenas em casa

Purpurina
Tal como muitas mães e pais, estive em teletrabalho com os meus filhos pequenos em casa. A mais velha, com 6 anos, está no 1º ano a teve aulas por videoconferência. Não foi fácil, nem simples, nem tranquilo. Foi o possível e, bem vistas as coisas, até correu moderadamente bem. Claro que, se a primeira semana foi um caos total, a segunda semana já correu muito melhor e, quando estavam prestes a voltar à escola, já tínhamos tudo a fluir muito bem. :) Ficam alguns ensinamentos (...)
Sab | 28.11.20

Coisas de irmãos #2

Purpurina
  Fiquei um minuto inteiro sem ouvir barulho o que, num apartamento com três crianças pequenas (acordadas), é praticamente uma impossibilidade. Fui ao meu quarto, ao quarto deles... nada. Na cozinha ninguém, na sala também não.  Não suspeitei da casa de banho porque a porta estava fechada e não costumam ir para lá. Quando abri a porta da casa de banho, lá estavam os três, sentados numa roda, às escuras. A Lara, com uma lanterna, contava histórias assustadoras baixinho. (...)
Qua | 25.11.20

Eduardo #9

O leãozinho (ou dinossauro, ou urso)

Purpurina
Ele passa boa parte do tempo a rugir atrás de nós. Não estava muito habituada a isto, mas julgo que é mesmo assim que alguns rapazinhos são, não é? Hoje pede-me para desenhar coisas assustadoras no quadro magnético para, logo de seguida, sair a correr e a rugir de quadro em riste, atrás das irmãs. À parte de rugir, ele também adora dançar e... comer. Comer talvez seja a sua atividade preferida de todas. Julgo que, se pudesse, o Eduardo sentava-se em cima de um monte de (...)