Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Seg | 05.09.22

O que oferecer a meninas de 8 anos que não gostam de bonecas

Purpurina
Esta não é uma publicação patrocinada. Podia ser.  Aproveito para informar que aceito patrocinios de livros, brinquedos, material de papelaria, cosmética, roupa, filmes e séries,  e vinho tinto.  Adiante. Este é um dos artigos que mais procuro na Internet. Com a quantidade de aniversários que temos todos os meses, às vezes fico sem ideias de presentes para oferecer aos miúdos. Por ano, podemos ter até 70 aniversários, a contar com os colegas da escola dos miúdos.  E, (...)
Qui | 01.09.22

Resumo das nossas férias a cinco, na Gran Canária

Férias na Gran Canária #2

Purpurina
Praia. Piscina. Parque Aquático. Sol. Dormir. Ler. Comer.   Basicamente foi isto, com um passeio lá pelo meio  a Puerto Mógan, uma pitoresca aldeia piscatória apelidada de "Pequena Veneza" por ser atravessada por vários canais. Claro que há muito mais para fazer na ilha, mas o que nos estava a apetecer era mesmo isto: sol, água e descanso.   Consegui ler um livro inteiro, praticamente na mesma posição: deitada sobre uma confortável espreguiçadeira, ora ao sol, ora à (...)
Ter | 30.08.22

Os quatro anos do Eduardo e uma festa cheia de peripécias

Purpurina
O nosso bebé fez quatro anos. Já se torna complicado considerar o Eduardo um bebé há bastante tempo, mas, por algum motivo, os quatro anos parecem-me o limite para isso. Qualquer dia vou ter mesmo de deixar de lhe dar comida à boca e começar a coloca-lo a adormecer na sua própria cama. Talvez este seja um tópico para desenvolver num outro texto. À semelhança das irmãs, este ano o Eduardo pediu para fazer uma festa com os seus amiguinhos da escola.   Escolhemos o sítio, (...)
Seg | 29.08.22

A primeira viagem com os meus três filhos para fora do país

Férias na Gran Canária #1

Purpurina
Viajar é uma das coisas que me fazem respirar com o ânimo de uma criança que antecipa uma brincadeira nova. Ainda se lembram como costumava ser? Viajar, para mim, é um dos aspetos maravilhosos de existir.  E, nos últimos anos, não o tenho feito com a frequência que gostaria.  Primeiro era o medo de viajar com várias crianças pequenas. Uma pessoa começou a ter filhos de dois em dois anos e, quando dei por mim, tinha três crianças pequenas, em fases diferentes de (...)
Qui | 25.08.22

Fomos a uma piscina natural no meio do oceano

Purpurina
Tento guardar sempre cinco dias de férias para os aniversários (o meu, o do Milton e dos nossos três filhos). Mesmo que a festa de aniversário seja noutro dia, procuramos fazer alguma coisa especial no dia de aniversário de um membro da família. Este ano, no dia de aniversário do Eduardo decidimos ir ao ilhéu de Vila Franca do Campo, onde existe uma piscina natural de água do mar, calminha e sem ondas, bem no meio do oceano. Já não ia lá há uns dez anos e nunca fui com (...)
Seg | 22.08.22

O que andamos a ler por aqui

Purpurina
Retomar a leitura diária foi um dos melhores acontecimentos deste ano.  Os miúdos estão mais crescidos e mais independentes e, naturalmente, livros começaram a ser lidos, uns atrás dos outros, cá em casa. Nem consigo descrever a diferença que a leitura faz na minha vida, no meu humor e no meu bem-estar em geral. Livros são vida, mesmo! Assim, dos 25 livros que trago de cada vez que vou à biblioteca, um ou dois é para mim.  Neste momento estou a ler "Kingsbridge" de Ken (...)
Qui | 18.08.22

Eduardo #42

Comer tomate

Purpurina
Quando a minha filha Lara, com 4 anos, estava a comer salada de tomate e via que a Maria (na altura com 2 anos) não comia, eu disse-lhe que as crianças só precisavam  de comer tomate crú depois dos 4 anos. Disse-lhe isso porque não queria que ela se sentisse injustiçada, ou deixasse de querer comer tomate.  E, aos 2 anos, não estava a ver mesmo como fazer a Maria comer tomate crú. Com a Maria e o Eduardo a conversa foi a  mesma, por isso, o Eduardo andava a ouvir há algum (...)
Sex | 12.08.22

Finalmente chegou o verão aos Açores!

Purpurina
Há três semanas, quase no fim do mês de julho, estávamos no outono, em São Miguel. Dormia de pijama quente, não podia ter roupa no estendal para não voar com o vento e as melhores saídas ao fim de semana eram para locais fechados porque o mais certo era estar a ventar e a chover. Depois, de um dia para o outro, chegou um calor africano. Enfim, meio-termo para quê? De modo que, neste momento, o verão em São Miguel, está convidativo e recomenda-se. É aproveitar para ir a (...)
Qua | 10.08.22

Gostam de estar sozinhos?

Purpurina
Eu gosto. Mas não prefiro. Cresci como filha única, nos anos 80. Tinha dois canais de televisão, um quintal e uma imaginação meio alternativa e meio aleatória que ainda perdura, com muita vitalidade. As minhas melhores memórias de infância são, ainda assim, de acontecimentos onde se reuniam os irmãos da minha mãe os seus filhos, na casa dos meus avós maternos, ou na casa de uma das irmãs da minha mãe, em Almada. Nas minhas memórias mais felizes, existem os sons de (...)
Seg | 08.08.22

Duas dicas essenciais para trabalhar com três crianças em casa

Purpurina
Durante as primeiras duas semanas de agosto ficamos com os miúdos em casa. Não conseguimos inscreve-los na escola em agosto e só temos férias nas últimas duas semanas deste mês. Eu e o Milton ficámos a trabalhar em casa, sendo que nuns dias ficava eu sozinha com eles, noutros ficava ele e, muitas vezes, ficávamos os dois. Podemos dizer que os meses de confinamento devido à pandemia foram um estágio excelente para esta situação e agora já não é, nem de perto nem de (...)