Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qua | 16.09.20

Maria #44

A beijoqueira

Purpurina
Dos meus três filhos, a Maria sempre foi a que gostava menos de beijos e abraços. Sempre muito independente, em bebé nem gostava de dormir na nossa cama. Agora, com 4 anos acabados de fazer, é a mais mimosa dos três:  - Adquiriu uma forma de falar muito suave e anda atrás de mim e da Lara a dar-nos beijos e abraços.  - Quase todas as noites vem para a nossa cama e gosta muito que eu sorria para ela quando a vejo lá (já o referiu várias vezes). - Pede-lhe que lhe faça (...)
Seg | 03.08.20

Maria #42

Purpurina
Pela manhã, antes de sairmos de casa para levar os miúdos à escola, deixamo-los a brincar sozinhos. Abolimos a televisão ou o iPad em dias da semana e eles brincam muito mais juntos. Claro que há sempre um conflito ou outro, principalmente entre a Maria (de 4 anos) e o Eduardo. Com quase dois anos, ele está naquela fase ingrata em que se diverte imenso a roubar os brinquedos às irmãs e a fugir a correr com eles na mão. Tenho dito à Maria para não gritar com o irmão e, em (...)
Seg | 27.07.20

Ter 3 filhos pequenos ensinou-me a simplificar tudo

Purpurina
  Basicamente não tive outro remédio. Com 3 filhos pequenos temos duas hipóteses: ou simplificamos ou ficamos loucos. Escolhi a primeira. Então a minha vida tornou-se cada vez mais simples e o meu foco começou a incidir apenas sobre o essencial. Eis o que mudou: - Tornei-me cada vez mais minimalista no que diz respeito ao material. Poucos móveis, poucas roupas, poucos sapatos, poucos materiais em geral. É um caminho que ainda estou a percorrer e que se tem tornado muito (...)
Qui | 09.07.20

Maria #39

Purpurina
  Maria, 4 anos acabados de fazer. Ela diz-me que os adultos não fazem uma série de coisas malucas que eu estou sempre a fazer. “Os adultos não fazem caretas.”, diz ela. “Quando eu me portar mal não deves zangar-te ou gritar comigo, deves pedir-me que me porte melhor, falando baixinho e pedindo por favor.” Tão razoável, esta minha filha. 
Sab | 13.06.20

Lego Friends, o novo vício delas (e meu também)

Este texto não é patrocinado mas bem que podia ser.

Purpurina
  Há uns dois anos atrás, no Natal, uns tios da Lara ofereceram-lhe o primeiro Lego Friends. Era uma casa na árvore que foi construída em conjunto e que gerou alguma curiosidade, mas que acabou por ser guardada por causa da Maria, que na altura era muito pequena para brincar com as minúsculas peças do Lego. Mais tarde, nos aniversários da Lara, foram-lhe oferecidos mais Lego Friends. A Lara construía na altura mas, mais uma vez por causa dos irmãos, acabávamos por guardar os (...)
Sex | 05.06.20

O regresso à creche depois da quarentena

Purpurina
Ficámos todos em casa durante dois meses. O Milton saía para fazer as compras e mais nada. Íamos ocasionalmente à varanda comum do prédio, mas a maior parte dos dias era passada no nosso apartamento. E foi muito bom. Foi ótimo estar 24 horas por dia com os nossos filhos, a conhece-los melhor, a brincar mais com eles e a fazer uma série de coisas que nunca imaginámos possível: trabalhar com os três em casa e, ao mesmo tempo, cozinhar, fazer limpezas e tratar de tudo o que é (...)
Qui | 28.05.20

A Maria com 3 anos (quase 4)

Purpurina
A Maria surpreende-nos constantemente com as coisas que diz, muito racionais para a idade. Adora brincar com bonecas e é capaz de ficar horas a brincar e a criar cenários com as bonecas. Se estiver muito concentrada fica a brincar sozinha, mas prefere companhia. Não gosta de estar sozinha e pede sempre para alguém ficar com ela a brincar, mesmo que seja só a assistir à brincadeira. Muitas vezes ela fica comigo na cozinha a brincar enquanto eu faço as refeições ou arrumo a cozinha. O (...)
Seg | 25.05.20

A Lara com 6 anos

Purpurina
Fez 6 anos no dia em que iniciámos a quarentena. Nesse dia foi à escola e pôde comemorar com os colegas da sua turma, numa festa. Desde pequena que é muito sensível, alegre e divertida: prega-nos partidas e está sempre a inventar brincadeiras e a fazer coisas para nos oferecer, oferece-se para nos fazer massagens e está sempre pronta para abraços e beijinhos. Mesmo meio ensonada, quando a colocamos a fazer chichi antes de nos irmos deitar, insiste em dar-nos um abraço e um (...)
Qui | 21.05.20

Diário de quarentena #9

Purpurina
Bom... Estamos vivos e isso é bom.  Estamos bem dispostos, ainda gostamos muito uns dos outros e isso é excelente. Estou num grau bem neutro no que diz respeito a emoções. No máximo, ando mais introspetiva e mais existencialista.  Não ando a ter experiências de alegria esotéricas e extra-corporais e tão pouco estou à beira de um ataque de nervos por passar os dias com 3 crianças pequenas a tentar obter o máximo da minha atenção para si. Sinto-me bem, vá. Normal, portanto. (...)
Qua | 20.05.20

O Eduardo com 21 meses

Purpurina
Cortei-lhe o cabelo e ficou com ar de rapazinho. Mas fica muito fofo na mesma, com umas bochechas grandes e um sorriso maroto sempre pronto. Está crescido mas continuo a vê-lo como o meu bebé. Obviamente.  Continua a comer muito bem e de tudo. Continua a mamar e agora pede para mamar puxando-me a camisola e abrindo muito a boca, como fazia para pedir comida quando ainda não falava. É uma figura. Ainda não bebeu leite de vaca. Gosta muito de pão, banana, bolachas e papa, como (...)
Seg | 18.05.20

Maria #39

Purpurina
A Maria gosta de leite frio. A Lara gosta de leite morno. Enganei-me uma ou duas vezes com o leite da Maria e dei-lhe morno. Parece que este meu lapso foi marcante. Numa destas tardes a Maria pediu-me leite e um pão com manteiga para lanchar.  Preparei tudo e chamei-a para lanchar. Ao ver o copo com leite, olhou para ele desconfiada e disse: "Mãeeee, eu gosto de leite frio." Respondo que sei disso e que o seu leite está fresquinho, como ela gosta. Responde-me ela, com (...)
Qui | 14.05.20

Lara #34

Purpurina
Com alguma frequência, a Lara faz “presentinhos” para oferecer aos pais. Geralmente é um desenho mas outras coisas também. Esta semana fez uns cestinhos com rolos de papel higiénico para mim e para o pai. Lá dentro colocou um balão azul, uma cápsula de café (café que ela faz questão de fazer para nós), um caderninho feito e decorado por ela e uma esferográfica. Nem eu nem o Milton somos de fazer surpresas. Isto é uma característica da Lara. Que sorte nós temos de ter (...)
Qui | 07.05.20

Eduardo #6

Purpurina
Este miúdo é um comilão. Ainda bem. Nós estamos satisfeitíssimos com isso. É ótimo que ele tenha apetite. Estamos apenas surpreendidos com a aparente falta de limite para o seu apetite. Ele come bastante bem e parece satisfeito. Mas, basta ver alguém a comer, que começa a abrir a boca como um hipopótamos esfomeado, para o detentor da comida partilhar com ele. Estou sempre a ver as irmãs a porem-lhe comida na boca.  É engraçado que elas não são nada egoístas e, mesmo (...)
Seg | 27.04.20

A festa de 6 anos da Lara, mesmo antes de começar a quarentena

Purpurina
A Lara fez 6 anos no último dia de escola, quando já se sabia que as escolas iriam fechar a partir da segunda-feira seguinte.  Ela tinha pedido para fazer uma festa na escola, com pula-pula, tal como fez no ano passado e os seus amiguinhos costumam fazer. Já tínhamos tudo marcado mas ponderámos cancelar. Pensámos mesmo muito no que havíamos de fazer mas, uma vez que a Lara iria à escola de qualquer maneira e a festa era só connosco e com os colegas com que ela iria estar (...)
Dom | 19.04.20

Diário de quarentena #5

A nossa rotina

Purpurina
Mais de duas semanas depois de estarmos em casa com os miúdos ainda nos estamos a adaptar. Tentámos estabelecer uma rotina várias vezes mas, com 3 crianças pequenas, não conseguimos seguir nada muito rígido. Temos sempre o Eduardo a precisar de mais atenção e, mesmo as miúdas, ainda pedem muita atenção individual. Assim, seguimos uma rotina flexível, com tarefas pensadas para cada dia que se vão fazendo conforme a dinâmica do dia e as disposições de cada um. É mais ou (...)
Sab | 04.04.20

Eduardo #5

O faxineiro

Purpurina
O Milton estava sentado a ver televisão. O Eduardo chega ao pé dele e aponta para uma mancha que temos na manta do sofá e diz: "Ba ba ba ba ba", apontando para a mancha. Depois desapareceu a correr para a cozinha. Voltou a aparecer com um guardanapo de papel na mão, subiu para cima do sofá e começou a esfregar a mancha com o guardanapo de papel. Encara o Milton de frente, como quem quer dizer algo muito importante e repete: "Ba ba ba ba ba ba ba". O Milton olhou para o sofá e, (...)
Ter | 31.03.20

Maria #36

E a música "Lavar o cú"

Purpurina
Cá em casa somos todos fãs assumidíssimos do Tio Jel. Sem censuras, ouvimos tudo. A preferida é o Sal Grosso, até o Eduardo a tenta cantar e, mal vê o vídeo a começar, enceta logo uma dança frenética pela sala. Ultimamente andamos a ouvir mais esta. A Maria costuma pedir da seguinte forma: (...)
Seg | 23.03.20

Maria #34

Purpurina
  Estamos na sala, numa espécie de momento musical em que aproveitamos para dançar freneticamente e fazer algum exercício físico. De repente, diz a Maria: “Mãe, põe a música mais alto para assustar o coronavírus.“ 😬