Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Sex | 21.09.18

Maria #16

Purpurina
 A Maria anda numa fase em que é completamente viciada na Xana Toc Toc.Acorda a dizer que quer ver a Xana Toc Toc e assim que vem da escola pede para ver a Xana Toc Toc.Conseguimos que coma a sopa dizendo-lhe que só depois de comer a sopa pode ir ver a Xana Toc Toc.Convencemos-la a não fazer birra para ir para a escola (tem-lhe custado ir depois das férias e depois da educadora dela ter ido embora) dizendo-lhe que, quando regressar pode ver a Xana Toc Toc.A irmã tem uma boneca da (...)
Qua | 05.09.18

Os nossos filhos devem ser felizes o tempo todo?

Purpurina
 Acredito que não.Todos os pais gostariam que sim, que os seus filhos fossem felizes o tempo todo mas isso não é possível nem sequer desejável.Acredito que as crianças devem aprender a lidar com a frustração desde cedo para poderem construir uma forma de felicidade futura mais real e mais duradoura.Se os pais fizerem de tudo para manter as crianças sempre felizes, sem chorar, sem berrar, sem ter frustrações, elas vão crescer sem saber lidar com contrariedades e, quando elas (...)
Qui | 12.07.18

Senti-me tão feliz pela minha filha! E por mim também.

Purpurina
 Sempre fui uma criança tímida. Hoje ainda sou tímida, mas em criança a minha insegurança e a minha timidez eram muito mais acentuadas, impedindo-me de vivenciar as coisas com descontração e alegria.Nunca tive muitas crianças (ou adultos) com quem brincar e mesmo quando entrei na escola pela primeira vez (ainda tinha 5 anos) nunca fiz muitos amigos nem brincava muito com as outras crianças. Lembro-me de estar permanentemente assustada, insegura e com medo de qualquer coisa. A (...)
Qua | 11.07.18

Para fazer nas férias com os miúdos #1

Purpurina
Ou ao fim de semana, ou sempre que estiver bom tempo e houver uma folga para passar tempo com as crianças.Uma coisa é certa: ficar muito tempo num apartamento com duas crianças pequenas, num dia de sol é só uma loucura imensa.Então, se não tivermos muito tempo para preparações, agarramos numas frutas e em algo que se coma rápido, alguns brinquedos de praia, um ou dois livros, umas mantas, a trotineta da Lara e vamos para um jardim passar umas boas horas.Não é preciso mais (...)
Ter | 26.06.18

Ser pai não é nada fácil

Purpurina
 É a melhor coisa do mundo, sem dúvida, ou não estivessemos quase com o terceiro filho em 5 anos, mas apresenta os maiores desafios que já tive que enfrentar. E o que é que não é fácil: Ficar vários anos sem ter uma noite de sono completa e acordar a meio da noite toda estremunhada (eu e o Milton) para mudar roupa de cama com chichi, acalmar um choro (ou dois) e inventar formas de acalmar crianças quando estamos com o cérebro a meio gás. Acordar todos os dias pelas 7h00 da (...)
Qua | 13.06.18

Eu e a Lara: diferenças e semelhanças

Purpurina
 Dizem que a Lara é parecida comigo. Eu acho que é uma boa mistura entre mim e o pai com mais características minhas: físicas e psicológicas. Mas, olhando bem para ela, é diferente de mim em muitas coisas. É parecida comigo mas está longe de ser igual. E ainda bem.Fisicamente até é parecida nos traços mas tem cores diferentes. A cor da pele é diferente, a cor dos olhos, do cabelo.Psicologicamente é, de facto, mais parecida comigo: é tímida como eu mas muito expansiva (...)
Qua | 25.10.17

Como é criar filhos nos Açores?

Purpurina
 Vivo nos Açores, em Ponta Delgada, há mais de 7 anos. As minhas filhas nasceram aqui.  Antes, vivia em Lisboa e adorava. Só posso falar sobre a minha experiência a educar crianças nos Açores porque é a única que conheço. Educar crianças nos Açores é bom, é fácil e agradável por vários motivos. 1- Aqui tudo é pertinho: escolas, centros médicos, jardins, parques, praia, piscinas, as casas dos amigos, o local de trabalho. Por ser tudo tão perto, ganhamos imenso (...)