Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qui | 14.05.20

Lara #34

Purpurina
Com alguma frequência, a Lara faz “presentinhos” para oferecer aos pais. Geralmente é um desenho mas outras coisas também. Esta semana fez uns cestinhos com rolos de papel higiénico para mim e para o pai. Lá dentro colocou um balão azul, uma cápsula de café (café que ela faz questão de fazer para nós), um caderninho feito e decorado por ela e uma esferográfica. Nem eu nem o Milton somos de fazer surpresas. Isto é uma característica da Lara. Que sorte nós temos de ter (...)
Dom | 10.05.20

Uma visão muito peculiar da nossa família

Purpurina
Estou a dar o jantar aos miúdos e a determinada altura comento: - O Eduardo está sempre a querer comer! É um comilão. Diz a Lara: - E nós o que somos? Eu: - Bom... A Maria está sempre a reclamar. É uma reclamona. - E tu, Lara estás sempre a queixar-te. És uma queixona. Continua a Lara: - Tu és uma gritona.  Olhamos umas para as outras... E o pai? Diz a Lara: - O pai está sempre a trabalhar. É um trabalhão. Ainda bem que existe alguém que faça algo de útil (...)
Dom | 19.04.20

Diário de quarentena #5

A nossa rotina

Purpurina
Mais de duas semanas depois de estarmos em casa com os miúdos ainda nos estamos a adaptar. Tentámos estabelecer uma rotina várias vezes mas, com 3 crianças pequenas, não conseguimos seguir nada muito rígido. Temos sempre o Eduardo a precisar de mais atenção e, mesmo as miúdas, ainda pedem muita atenção individual. Assim, seguimos uma rotina flexível, com tarefas pensadas para cada dia que se vão fazendo conforme a dinâmica do dia e as disposições de cada um. É mais ou (...)
Ter | 07.04.20

Diário de quarentena voluntária #4

Purpurina
Cá estamos. Otimistas. A tentar organizar a tropa o melhor possível. Gosto de dizer que estamos bem, o melhor possível. Não sei se é verdade. Estaríamos melhor com um quintal, ou mesmo uma quinta, para os miúdos poderem brincar ao ar livre e correr. Mas estamos bem. O nosso apartamento apanha muito sol o dia todo e já decidi que vou passar a usar fato de banho para a apanhar banhos de sol com uma toalha estendida na cozinha. Estamos otimistas. Pensamos positivo e tentamos fazer (...)
Seg | 30.03.20

Coisas de irmãs #8

Purpurina
De manhã as miúdas veem sempre televisão. Felizmente alinharam os gostos por desenhos animados e, neste momento,  são as duas grandes fãs da "Ladybug". Então, pelas 9 horas da manhã, podemos encontrá-las a tagarelar tranquilamente sobre as peripécias da Ladybug. Normalmente, a Maria faz perguntas e a Lara vai-lhe explicando o que está a acontecer. A forma como a Maria olha para a Lara, vendo nela uma verdadeira autoridade sobre o assunto, é uma delícia. São estas (...)
Qui | 26.03.20

Diário de quarentena voluntária #3

Purpurina
Na segunda semana de quarentena, as rotinas tendem a estabilizar. No trabalho está tudo mais calmo e eu e o Milton já conseguimos definir um horário fixo para trabalharmos os dois de casa. Agora, a prioridade é arranjar forma de manter uma rotina de "escola em casa" com a Lara e a Maria. Não está fácil. Sou uma professora exigente e impaciente. Claramente não tenho qualquer vocação para o ensino. Não é uma novidade. :) O que vale é que o Milton divide também esta tarefa (...)
Seg | 23.03.20

Maria #34

Purpurina
  Estamos na sala, numa espécie de momento musical em que aproveitamos para dançar freneticamente e fazer algum exercício físico. De repente, diz a Maria: “Mãe, põe a música mais alto para assustar o coronavírus.“ 😬  
Dom | 23.02.20

Maria #32

Purpurina
Digo à Lara (5 anos): “És a minha bomboca querida!” e ela sorri e enche-me de beijinhos e abraços. Digo ao Eduardo (1 ano e meio): “És o bombom da mãe!” e ele ri-se muito, faz gracinhas e encosta a cara à minha para eu lhe dar muitos beijos repenicados naquelas bochechas gostosas. Digo à Maria (3 anos): “És uma bolachinha gostosa!” e ela, muito séria e algo importunada, replica: “Não sou nada. Sou a Maria Marques Moura.”
Qui | 20.02.20

Quem é que disse que as mulheres não são unidas?

Purpurina
Tenho acordado de manhã, aconchegada entre a Maria e Lara. Têm vindo as duas parar à nossa cama durante e noite e acabam por ficar a dormir connosco. A determinada altura o Eduardo acorda e começa a chamar por nós. Todo estremunhado, o Milton tenta chamar-me a atenção e estica o braço para tentar chegar a mim. Sem se aperceber, toca na cabeça da Maria e diz: “Está na tua vez.” Reforço e digo à Maria: “Ouviste o pai Maria? Está na tua vez de ir buscar o Eduardo.” Muito (...)
Qua | 05.02.20

Coisas de pessoas que têm 3 filhos pequenos

Purpurina
  Eu estou de férias e o Milton está a trabalhar em casa. A determinada altura da tarde, o Milton resolve dormir uma pequena sesta. Eu continuo a fazer as minhas coisas, faço a minha sessão de 30 minutos de yoga e, pelas 18h00, acordo o Milton para irmos buscar as crianças à escola (já muito mais tarde do que era suposto). Acordo o Milton a custo, pois estava a bom dormir. A cara dele é do mais estremunhado que há. Digo-lhe: "São 6 horas Milton, temos que ir." Diz ele: (...)
Seg | 03.02.20

A Lara come cascas como se fossem chocolates

Purpurina
Um dia, estava a descascar uma maçã no balcão da cozinha, quando a Lara começa a pegar nas cascas e a comê-las. Fiquei quase em estado de choque, e tirei-lhe as cascas da mão.  Ela insistiu em comer as cascas dizendo que gostava muito e que, por favor, a deixasse comer. Bom... se queria comer cascas de maçã quem era eu para me opor? Não é a parte melhor da fruta? Disse-lhe que podia comer as cascas mas que eu tinha que as lavar muito bem primeiro. Assim, sempre que (...)
Dom | 19.01.20

Lara #31

Perguntas e Respostas

Purpurina
  1- Qual o nome da mãe ? Mãe Marques Moura (claramente a gozar). 2- A mãe é gorda ou magra? Gorducha ihihihih. 3- Alta ou baixa? Alta. 4- O que a mãe gosta de comer? Cenoura. 5- O que a mãe gosta mais de vestir? Não sei. 6- Quantos anos a mãe tem? Não sei. 7- Quantos kg a mãe pesa? Não sei. 8- Que presente gostarias de dar à mãe? Não sei. 9- Quem ama mais a mãe? Eu. 10- O que a mãe é? É uma pessoa. 11- O que a mãe sempre te diz?  Não sei. 12- Para onde (...)
Dom | 12.01.20

Como são: o Eduardo com 16 meses, a Lara com 5 anos e a Maria com 3 anos

Purpurina
  Eduardo Como o tempo não tem abundado por estes lados, hoje faço um texto "todos em um" para não deixar de registar como têm sido estes dias. O Eduardo está cada vez mais adorável e enérgico. Ele não pára quieto e está sempre a fazer "escadas" e "escadotes" para chegar a todo o lado. Se eu pensava que a Lara era a alpinista da família estava muitíssimo enganada! O rapaz escala tudo o que encontra pela frente, corre de um lado para o outro, dança, pula, anda sempre a (...)
Seg | 16.12.19

Maria #33

A "familiar"

Purpurina
  A Maria é a mais refilona dos meus três filhos. Tem uma personalidade bastante forte e luta muito pelo que quer. É, também, muito conservadora e ligada à família. Gosta de rotinas e de saber o que vai acontecer. Gosta que estejamos todos juntos e, se for necessário, protege os irmãos ou os pais de qualquer coisa que ela julgue que pode ameacá-los. Já a vi a defender a Lara de outros meninos no parque infantil, dizendo-lhes coisas bem pouco simpáticas. Ultimamente, a Maria (...)
Qui | 28.11.19

Maria #32

Purpurina
À noite, antes de irmos deitar os miúdos, estávamos todos na sala a ouvir música e a dançar. Pergunto ao Milton quem era a banda que estava tocar e ele diz-me que é "Liima" e comenta que já vieram ao Tremor (festival internacional de música alternativa em São Miguel). Lembro-me que gostava muito de ir ao Tremor e que, naturalmente, nos últimos anos não tem sido possível, e digo: "Este ano era bom que fossemos ao Tremor. Ias num dia e eu ia noutro." Responde o Milton (a (...)
Seg | 18.11.19

Um dos meus maiores sonhos realizou-se!

Purpurina
Não é o euromilhões! Acho que nunca sonhei em ganhar o euromilhões. Sonho com viagens, com algumas coisas materiais, com mais algum dinheiro, mas nada muito extravagante. O meu sonho também não se realizou na sua essência mas vai-se realizando, de uma forma maravilhosa, através dos meus filhos. Desde criança que sonho ter irmãos. Gostava de ter partilhado os meus dias e os meus brinquedos com um irmão ou uma irmã; alguém com quem pudesse brincar, conversar, fazer tolices e (...)
Qua | 09.10.19

Eduardo, 14 meses

Purpurina
Está um rapazinho muito crescido. Já anda sozinho, come tudo o que lhe damos a provar e já tenta reproduzir algumas palavras (embora nada de muito percetível). Em termos de desenvolvimento motor é bem diferente das irmãs. É mais cauteloso que a Lara mas  já sobe para cima do sofá, para cima de bancos e de tudo o que consegue. No que diz respeito à linguagem é muito tagarela e farta-se de conversar connosco, não se percebe é nada. Bom, perceber percebemos, mas não por ele (...)
Dom | 23.06.19

Maria #25

Purpurina
Estava a caminhar com a Maria ao colo. Ia à farmácia, eram quase horas de fechar e estava com um passo apressado. A Maria pergunta-me: "Posso dormir no colinho da mamã?" "Podes filha." Ela encosta a cabeça ao meu pescoço mas a minha trança, de lado, incomoda-a. A Maria começa a mexer na minha trança e diz-me: "A mãe está linda com estes totós." Eu: "Ohhhhhhh..." Nisto a Maria dá-me um beijo na bochecha e um abraço. Coisa mais querida da sua mãe. <3
Qua | 19.06.19

Maria #24

Purpurina
A Maria, com 2 anos e 10 meses, surpreende-nos todos os dias com as suas atitudes, determinação e desenvoltura. É a mais desafiante dos meus filhos e obriga-me, todos os dias, a controlar os meus nervos e a minha paciência para conseguir dar a volta às birras e aos gritos dela. Em termos de birras, tudo o que funcionava com a Lara, com a Maria é mais complexo. A Maria luta muito por aquilo que quer e não se deixa convencer facilmente. Todavia, cede a uma boa argumentação e a (...)
Seg | 17.06.19

Irmãos #1

Purpurina
Sempre quis ter irmãos. Desde pequena e até ser adulta. Adoraria ter um irmão ou uma irmã. Hoje, de certa forma, sinto-me a viver a "experiência de ter irmãos" através dos meus filhos. Não será a mesma coisa, claro, mas é muito bom acompanhar a dinâmica de 3 irmãos com idades semelhantes, a crescerem juntos. Estou a aprender exatamente o que é ter irmãos, no seu melhor e também naquilo que é mais desafiante. Irmãos brigam. Muito. Pelas coisas mais "parvas". Por tudo e (...)