Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Sex | 01.04.22

Falta de jeito gritante

Purpurina
Depois duma sessão de estudo de inglês com o pai, diz-me a Lara, com toda a calma:  - Sabes mãe, gostei muito de estudar com o pai. Gosto muito mais de estudar com ele do que contigo porque tu gritas muito. Acho que devo estudar todas as disciplinas com ele. Eu, que não me ofendo com a opinião livre e não tenho qualquer ilusão quanto ao meu  (inexistente) talento para o ensino, concordei pronta alegremente com a minha filha de 8 anos.   Nota: Cá em casa os miúdos dizem (...)
Seg | 21.03.22

Ainda sobre o 8º aniversário da Lara

Um presente maravilhoso!

Purpurina
A professora da Lara, que  é a professora mais querida que poderíamos desejar para os nossos filhos, faz uma coisa muito gira no aniversário dos miúdos. Pede a todos os meninos que façam um desenho para o aniversariante. Se quiserem, podem deixar uma pequena mensagem também. Assim, a Lara trouxe para casa um caderno, com as folhas presas com uma bonita fita, com desenhos e mensagens de todos os colegas, e também um da sua professora. Achei a ideia mais amorosa de sempre.   
Qua | 16.03.22

A Lara fez 8 anos

Purpurina
A Lara fez 8 anos e pediu-nos para fazer uma festa. Nunca gostei muito de fazer festas de aniversário. Agora gosto mais. Quando mais anos tenho, mais gosto de os comemorar e os dos meus filhos, ainda mais. Bom… escolhemos um sítio dentro do nosso orçamento, convidámos a família e amigos próximos e fizemos a festa que a Lara tanto pediu. A decoração, feita pela Lara e pelo pai, na manhã de domingo, ficou bonita. A comida, providenciada pela mãe, não correu tão bem. Entre (...)
Ter | 07.12.21

O dia em que a minha filha de sete anos fez o que eu não tive coragem de fazer

Purpurina
Também poderia ser: "O dia em que a minha filha mais velha me envergonhou". Só que não.  Tudo começou (ou acabou, conforme o ponto de vista) com um telefonema que recebi da Educadora do Eduardo. Assim que uma Educadora se identifica como tal, fico logo cheia de nervos. Quem é mãe, saberá do que falo. Digo logo, sem cerimónia: "Sim, sim, Diga, diga, por favor." Querida e perspicaz como é, ou pressentindo o pânico da minha voz, a primeira coisa que a Educadora disse foi que o (...)
Seg | 08.11.21

Lara #45

A escultora de comida

Purpurina
É o que a Lara diz que quer ser quando crescer. O facto é que, com a comida e com as atividades do quotidiano em geral, a Lara nunca faz nada da forma habitual, ou típica ou esperada. Está sempre a inventar formas diferentes de fazer as coisas. E eu, que tantas vezes lhe digo para fazer as coisas convenientemente, pergunto-me o que é que é conveniente para ela? Deixar a sua imaginação fluir ou ser limitada por regras que nem sabemos quem inventou e que talvez não façam assim (...)
Sex | 20.08.21

Eduardo, o empático

Purpurina
  Estávamos num jardim, ao final da tarde. As meninas andavam de patins e o Eduardo de triciclo. A Lara, fiel à sua personalidade aventureira, já não se contenta em andar de patins para cá e para lá e a descer rampas a grande velocidade. Ontem, decidiu começar a saltar os degraus de uma escadaria larga com os patins. Um a um, mas ainda assim, foi suficiente para eu desatar aos gritos, de forma um pouco instintiva. A Lara, aborrecida, sentou-se no chão. O Eduardo, vendo-a (...)
Seg | 16.08.21

A Lara aprendeu a nadar

Purpurina
Na semana passada, na quinta-feira, dia 12 de agosto, a Lara nadou sozinha, sem pé, pela primeira vez. Confesso que para mim, que não sei nadar até hoje, foi um momento muito emocionante. Bom... para ser fiel à verdade, se calhar não chamaria nadar ao que a Lara fez, foi mais um deslocar-se na água como podia, meio a nadar à cão, a tentar deixar a cabeça fora de água e respirar o melhor que podia. Mas, caramba, a rapariga aguenta-se na água, sem pé, e consegue deslocar-se (...)
Seg | 03.05.21

Lara #44

Purpurina
A Lara recebeu um diário muito fofinho no seu aniversário. Para mim, é um presente muito especial. Tive dezenas de diários e adorava escrever neles. Só deixei de o fazer com mais de 20 anos, quando passei a ter blogues. À noite, depois de meter os miúdos na cama, estava a conversar com a Lara e a explicar-lhe porque é que um diário era tão especial, para que servia e que tipo de coisas ela poderia escrever nele: as coisas que tinham acontecido, as coisas que a deixavam mais (...)
Seg | 19.04.21

A Lara fez um Workshop de pintura nas férias da Páscoa

Purpurina
O Milton já queria inscrever a Lara num Workshop de pintura lecionado pelo Martim Cymbron há 2 anos. O workshop era para crianças maiores por isso não foi nesse ano. Inscrevemo-la nas últimas férias de Páscoa.  A Lara sempre gostou muito de pintar e desenhar, e está sempre a inventar coisas. Copia os quadros que temos cá em casa e, no nosso olhar muito pouco objetivo de pais, achamos que o faz (...)