Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Ter | 02.04.24

Pessoas simpáticas que encontramos por aí #1

dawid-zawila-9d33wIMMzoE-unsplash.jpg

Imaginem que, todos os dias, encaravam o vosso trabalho e a vossa rotina com uma mistura maravilhosa (e improvável) de otimismo e boa vontade. Fosse qual fosse o trabalho, seria feito sempre com esmero e alegria. Que felizes seriamos não é? Nós, os nossos colegas, os nossos clientes, os nossos chefes...

Acredito ser, na maior parte das vezes, uma pessoa bem disposta e de semblante leve (se calhar estou iludida), mas não posso afirmar que passo o dia como se andasse a saltitar sobre núvens. Mas admiro muitíssimo quem o faz. Muito mesmo. Também não conheço muita gente assim, em abono da verdade.

Pois no outro dia, observei um destes momentos, em que uma pessoa espalha alegria e purpurina enquanto trabalha.

Foi assim:

Por volta das 8h00 da manhã, num fim-de- semana, ouvimos um barulho alto que parecia ser de um corta-relvas.

Pouco depois, o Milton chamou os miúdos para verem um corta-relvas bastante potente a trabalhar num extenso espaço relvado em frente à nossa casa.

Observamos um rapaz a realizar o que parecia ser um trabalho bastante divertido. Com grande destreza, operava o corta-relvas de um lado para o outro a alta velocidade, cortando a relva de forma geométrica e estruturada.

Ao notar cinco cabeças curiosas a observá-lo pela porta, ele sorriu e acenou-nos com muita simpatia. 
Retribuí o aceno, pensando que o rapaz devia estar ciente de como o seu trabalho parecia uma animação. Isto deixou-me feliz!

Que todos tenham uma semana cheia de bom humor. Desejo que desfrutem do trabalho tanto quanto o jovem e alegre rapaz que vimos a trabalhar.

 

4 comentários

Comentar post