Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qui | 20.01.22

Maria e o seu interesse pelo Salazar

Purpurina
Apesar de grande parte das convicções que eu tinha sobre educação terem caído por terra depois de eu ter sido mãe e, automaticamente, bafejada com uma avalanche de realidade, algumas mantiveram-se: - Faço um esforço consciente para ensinar os meus filhos a serem tolerantes e a não se sentirem inferiores ou superiores a ninguém; - Tento que se habituem a comer bem e sem excessos; - Ensino-lhes, sempre que surge uma boa oportunidade, as partes da história do mundo e de (...)
Ter | 07.12.21

O dia em que a minha filha de sete anos fez o que eu não tive coragem de fazer

Purpurina
Também poderia ser: "O dia em que a minha filha mais velha me envergonhou". Só que não.  Tudo começou (ou acabou, conforme o ponto de vista) com um telefonema que recebi da Educadora do Eduardo. Assim que uma Educadora se identifica como tal, fico logo cheia de nervos. Quem é mãe, saberá do que falo. Digo logo, sem cerimónia: "Sim, sim, Diga, diga, por favor." Querida e perspicaz como é, ou pressentindo o pânico da minha voz, a primeira coisa que a Educadora disse foi que o (...)
Seg | 18.10.21

Um livro indispensável para educar crianças... e adultos.

Purpurina
Trouxe-o, um pouco por acaso, na minha última visita à biblioteca, e foi amor à primeira vista. Olhei para a capa do livro e gostei logo. Depois de o ler, reforcei o sentimento. É um livro com uma mensagem muito simples: nenhuma escolha, desejo ou gosto pessoal são exclusivos de raparigas ou rapazes. O que importa é que nos sintamos felizes, mesmo que as nossas escolhas sejam diferentes do habitual. Adorei a mensagem que é, na verdade, a que tento passar aos miúdos todos os dias. (...)
Qui | 23.09.21

Quem nunca #1

Purpurina
Viu os filhos a fazer grandes cagadas, dignas de um grande ralhete, mas fingiu que não viu para que eles se continuassem a divertir? Sou eu. Ainda esta manhã. Depois de estarem vestidos e de pequeno almoço tomado, se sobra tempo até sairmos de casa, eles ficam a brincar uns com os outros (ainda estamos com o regime da televisão apenas aos fins de semana). Hoje, estranhei a ausência de choros e de discussões entre eles, substituídos por uma grande galhofa de gritinhos e gargalhadas. E (...)
Seg | 20.09.21

Os 7 maiores desafios diários de uma mãe de três

Purpurina
Há algum tempo, pedi que vocês me dissessem o que gostariam de ler por aqui e a Anita mencionou as dificuldades do dia a dia com 3 crianças pequenas. Achei um tema excelente, até porque às vezes acho que não falo muito das dificuldades quotidianas que sinto. Parece que nas alturas mais desafiadoras acabo por escrever menos. Na verdade gosto mais de trazer soluções do que problemas, mas falar dos (...)
Qua | 08.09.21

O meu segredo para acabar com as brigas entre irmãos

Purpurina
Isto tem duas fases e o efeito não é imediato. Vamos praticando. Ouvimos muitas reclamações. Insistimos. Vai melhorando.  Cá em casa tem resultado. Primeiro desligamos a televisão.  Depois indicamos às crianças que não haverá televisão ou quaisquer outras vantagens previstas se elas não se entenderem. Normalmente digo que, enquanto existir um dos meus filhos a reclamar do outro ou a chorar por causa de algo que outro fez ou a bater num irmão, não há vantagens para (...)
Sex | 03.09.21

Primeira vez a acampar com os miúdos #3

Porque foi tão bom.

Purpurina
  Para os miúdos Porque viveram uma aventura, tiveram experiências diferentes, passaram os dias e as noites junto à natureza, conviveram com amigos diariamente, puderam estar connosco de uma forma mais livre e descontraída, porque foram felizes num contexto diferente. Para mim Porque estive com pessoas. Basicamente isto. Nunca me conheci tanto como um ser social, que precisa realmente de estar com outras pessoas, como nestes tempos de pandemia e consequente confinamento. Pre (...)
Qua | 25.08.21

7 formas de estimular o gosto pela leitura nas crianças

Purpurina
    Já falei sobre isto algumas vezes.  Por aqui não é difícil estimular a leitura nos miúdos. Os pais adoram ler, temos sempre livros diferentes em casa, frequentamos a biblioteca e lemos para eles desde miúdos. Penso que estas são as ações básicas para estimular uma criança a ler. Para além disto, há mais um ou dois truques que podem ajudar a estimular o gosto pela leitura nos mais pequenos. 1- Transformar a ida à biblioteca num momento especial. Falo sobre isso uns (...)
Sex | 20.08.21

Eduardo, o empático

Purpurina
  Estávamos num jardim, ao final da tarde. As meninas andavam de patins e o Eduardo de triciclo. A Lara, fiel à sua personalidade aventureira, já não se contenta em andar de patins para cá e para lá e a descer rampas a grande velocidade. Ontem, decidiu começar a saltar os degraus de uma escadaria larga com os patins. Um a um, mas ainda assim, foi suficiente para eu desatar aos gritos, de forma um pouco instintiva. A Lara, aborrecida, sentou-se no chão. O Eduardo, vendo-a (...)
Seg | 16.08.21

A Lara aprendeu a nadar

Purpurina
Na semana passada, na quinta-feira, dia 12 de agosto, a Lara nadou sozinha, sem pé, pela primeira vez. Confesso que para mim, que não sei nadar até hoje, foi um momento muito emocionante. Bom... para ser fiel à verdade, se calhar não chamaria nadar ao que a Lara fez, foi mais um deslocar-se na água como podia, meio a nadar à cão, a tentar deixar a cabeça fora de água e respirar o melhor que podia. Mas, caramba, a rapariga aguenta-se na água, sem pé, e consegue deslocar-se (...)