Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Dom | 08.10.17

Arrumar e organizar os brinquedos das crianças

Purpurina
   Cá em casa somos bastante minimalistas. Somos mesmo. Não compramos brinquedos com regularidade nem encorajamos outras pessoas a fazê-lo. Ainda assim, os brinquedos vão-se acumulando. E, por mais estranho que pareça, as miúdas brincam mesmo com tudo. Mesmo. Quando vou dar por isso, tenho o quarto ou a sala cheio de brinquedos de todos os géneros e feitios. São vários tipo de brinquedos de construção misturados, pequenas peças magnéticas, cubos de borracha, sapatinhos (...)
Sex | 03.03.17

Uma grande vantagem de ser minimalista

Purpurina
 É fazer obras em três divisões da casa e conseguir tirar e voltar a colocar tudo no sítio, em cerca de 15 minutos. A nossa casa ainda está na garantia e os alguns tetos falsos e paredes estavam com um problema de humidade que fez a tinta descolar das paredes. Entretanto vieram uns senhores cá a casa arranjar as zonas afetadas, o que levou dois dias e meio. Na impossibilidade de sairmos de casa, vimo-nos obrigados a passar os móveis todos para a sala durante a manhã. Ao fim da (...)
Sab | 03.09.16

Minimalismo como estilo de vida

Purpurina
 [caption id="attachment_3907" align="aligncenter" width="564"] Cada vez me faz mais sentido o minimalismo como um estilo de vida  livre de um consumo desnecessário em que acumulamos tralha em casa e esvaziamos a carteira, em nome de valores que nos têm sido impostos por uma sociedade cada vez mais consumista.Comecei por destralhar a casa há umas semanas atrás. Livrei-me de muitas coisas que não usava há anos, doando o que estava bom e deitando fora tudo o que, notoriamente, já (...)
Ter | 26.04.16

Já comecei a destralhar

Purpurina
Já tinha ouvido falar das febres de arrumações que as grávidas têm a determinada altura. Sinceramente já não me lembro como foi quando estava grávida da Lara mas, neste momento, estou no pico dessa febre. Apetece-me não só arrumar e organizar, como "destralhar" como se não houvesse amanhã. A coisa está tão grave que estou com medo de deitar fora metade do conteúdo da casa (gato incluído).Para já, destralhei a sala de estar e o quarto.Na sala, o único móvel que temos (...)