Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Ter | 07.06.22

Lara #46

Purpurina
"Estava com frio nas mãos." disse ela, quando foi à casa de banho, durante a noite e a encontrámos com as meias nas mãos e nos braços.
Qui | 05.05.22

Eduardo #35

O iogurte de paus

Purpurina
De manhã, como de costume, o Eduardo abre o frigorifico e tira de lá um iogurte liquido. Não conseguindo chegar ao iogurte que queria, vem chamar-me e diz-me que quer o "iogurte de paus" e que gosta muito desse. Intrigada, peço-lhe que me aponte o iogurte que quer, porque não estou mesmo a perceber qual poderá ser. Era o de baunilha. 
Qui | 28.04.22

Resumo de um feriado: 3 cascatas, algumas quedas e boleia com desconhecidos

Purpurina
Com um fim de semana prolongado em vista, já que o dia 25 de abril calhava numa segunda-feira, o Milton sugeriu que fizéssemos com os 3 miúdos (Lara de 8 anos, Maria de 5 anos e Eduardo de 3 anos) uma caminhada num trilho de que ouvira falar: O trilho do Moinho do Félix. Não sei se percebi o que quis perceber ou se o Milton não se explicou bem, mas o que entendi (...)
Sex | 22.04.22

O "melhor" pior bolo que já fiz

Purpurina
Num belo dia de primavera, deparo-me com uma receita de bolo de abacate e, tendo um belo abacate em casa, decido pôr mãos à obra e confecionar a "aparentemente boa" iguaria. Feito o bolo, decido prová-lo. Confesso que estava cheia de expetativas. Provei-o, ainda morno e... ingeri, a custo, o pior bolo que já fiz. De longe. Amargo. Muito amargo. Claramente, exagerei na raspa de limão. Decidi que não havia humanidade em dar aquilo a provar a ninguém e ia colocá-lo, direta e (...)
Qui | 21.04.22

Ser pai é... #1

Purpurina
- Aceder ao pedido das filhas para ir andar de carrinhos de choque no Dia do Pai.  - Comprar uma data de fichas porque eles são 3 e porque não se pensou bem nisso. - Andar nos carrinhos de choque, à vez, com os 3 filhos, porque a mãe não se mete nessas coisas. - Deixá-los conduzir a eles, mesmo se um deles tiver apenas 3 anos. - Protegê-los sempre com quantas forças se tem, porque os implantes dentários estão caros. - Ficar com dores nos ossos todos durante uma semana, por (...)
Qui | 14.04.22

Eduardo #34

"Os pais dos meus amigos"

Purpurina
Depois de um dia de escola, estávamos todos a conversar acerca do dia de cada um. Conta a Maria que receberam na turma dela o pai de um dos amiguinhos, que é Romeiro e explicou o que significava ser Romeiro (Os Romeiros de São Miguel são grupos de católicos que percorrem a ilha a pé, durante o tempo da Quaresma, cantando e rezando em todo o percurso). O Eduardo, não querendo ficar mal, disse: "Os pais dos meus amigos também são Romeus."
Qui | 24.02.22

As minhas preferências numa série de tópicos mais ou menos banais

O que preferes?

Purpurina
Ora vamos lá a uma destas publicações lúdicas que tanto serve para nada, como para vocês me conhecerem um bocadinho mais, como para eu me divertir a escrever estas coisas neutras e que não mudam a vida de ninguém. Isto também não pode ser só trabalhar, lavar roupa e fazer coisas potencialmente interessantes e úteis, não é? Vamos a isso. Viver num lugar super movimentado 24 horas por dia ou um lugar sempre calmo onde ninguém passa? De caras, viver num lugar super (...)
Seg | 24.01.22

Carla, a cozinheira amadora que nem gosta de cozinhar, fez uns pães de queijo muito decentes

Receita para a bimby

Purpurina
De vez em quando tenho uns acessos de vontade de cozinhar. Em mim, é uma coisa bem estranha, mas uma pessoa tenta aceitar e ver no que dá. Tem dado em alguma treta, muitas vezes. Fiz um caril de grão com molho de manga que o Milton detestou e eu e a Lara gostámos muito. Fiz umas bolachas de dois ingredientes de que todos detestaram, inclusive eu, mas todos comeram. Eu ia ficando com uma presa a caminho do estômago, de tão seca que estava. Vi-me grega para aquilo descer!  Fiz, (...)
Qui | 20.01.22

Maria e o seu interesse pelo Salazar

Purpurina
Apesar de grande parte das convicções que eu tinha sobre educação terem caído por terra depois de eu ter sido mãe e, automaticamente, bafejada com uma avalanche de realidade, algumas mantiveram-se: - Faço um esforço consciente para ensinar os meus filhos a serem tolerantes e a não se sentirem inferiores ou superiores a ninguém; - Tento que se habituem a comer bem e sem excessos; - Ensino-lhes, sempre que surge uma boa oportunidade, as partes da história do mundo e de (...)