Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Seg | 20.07.20

Maria #41

Purpurina
Nesta foto a Maria tinha-se magoado no dedo do meio e estava com ele esticado para ver se não o mexia muito. Num destes dias, na escola, a Maria foi contra uma amiga e bateu com os dois dentes da frente na cabeça da amiga. Estavam no pula-pula. Acontece e nada tenho a comentar. A amiga, que é também uma amiga querida fora do ambiente escolar, felizmente não se magoou. Consta que a Maria chorou muito  e sangrou bastante também. Da escola telefonaram ao Milton, ele a mim, e fui (...)
Seg | 30.03.20

Coisas de irmãs #8

Purpurina
De manhã as miúdas veem sempre televisão. Felizmente alinharam os gostos por desenhos animados e, neste momento,  são as duas grandes fãs da "Ladybug". Então, pelas 9 horas da manhã, podemos encontrá-las a tagarelar tranquilamente sobre as peripécias da Ladybug. Normalmente, a Maria faz perguntas e a Lara vai-lhe explicando o que está a acontecer. A forma como a Maria olha para a Lara, vendo nela uma verdadeira autoridade sobre o assunto, é uma delícia. São estas (...)
Qui | 20.02.20

Quem é que disse que as mulheres não são unidas?

Purpurina
Tenho acordado de manhã, aconchegada entre a Maria e Lara. Têm vindo as duas parar à nossa cama durante e noite e acabam por ficar a dormir connosco. A determinada altura o Eduardo acorda e começa a chamar por nós. Todo estremunhado, o Milton tenta chamar-me a atenção e estica o braço para tentar chegar a mim. Sem se aperceber, toca na cabeça da Maria e diz: “Está na tua vez.” Reforço e digo à Maria: “Ouviste o pai Maria? Está na tua vez de ir buscar o Eduardo.” Muito (...)
Qui | 12.09.19

Lara #27 Lara, a chefe

Purpurina
  Há uns dias, disse à Lara que ela era a chefe das crianças cá de casa. Disse-lhe também que uma chefe tem muitas responsabilidades, tais como: ser um bom exemplo, ser compreensiva, e ajudar os irmãos a portarem-se bem e a estar felizes. Como irmã mais velha, tinha a tarefa de ajudar a manter a harmonia do nosso lar orientando os irmãos na melhor forma de se comportarem. A determinada altura, diz a Lara ao pai: "Pai, não posso ser chefe da Maria. Ela não faz nada do que eu digo!"
Ter | 10.09.19

Maria #27

Purpurina
Ontem disse à Maria que ia por na televisão “O show da Luna”, os desenhos animados populares cá de casa, atualmente. Em resposta, a Maria brindou-me com estas duas considerações: “A mãe não é um cocó. A mãe é muito linda!”
Qua | 04.09.19

Maria #26

Purpurina
  A Lara e a Maria estavam sentadas na mesa delas e tinham acabado de beber um Capri-sun cada uma. Por algum motivo, a Lara abanou o pacote vazio à frente da Maria e caíram na cara dela algumas gotas de sumo. Diz a Maria à Lara: "Ei Lara, para com isso! Já tomei banho, não preciso de tomar banho outra vez!" A Maria acabou de fazer 3 anos. Não sei... Estas conversas são comuns?! Confesso que estou confusa.
Sex | 30.08.19

Peculiaridades das minhas filhas #1 Massagens

Purpurina
A Lara estava com uma otite e eu fiquei com ela na cama a fazer-lhe massagens até ela adormecer. Na verdade as massagens são mais umas festinhas leves que lhe vou fazendo nos braços, nas pernas, nas costas, na barriga. Eu também gosto muito dessas "festinhas leves" e até faço a mim própria muitas vezes. Voltando à Lara, à medida que vou fazendo as massagens, ela vai estendendo um braço, ou uma perna ou vai-se virando e indicando onde quer as massagens. Quando vejo que está (...)
Sab | 29.06.19

Maria #26

Purpurina
Estamos as duas na sala a ver a Xana Toc Toc. Estou a tentar cantarolar a música, da qual não sei a letra. A Maria olha para mim, muito séria, e diz: "A mãe não canta. A mãe não sabe a letra. Eu também não sabe. Só a Xana é que sabe."
Dom | 23.06.19

Maria #25

Purpurina
Estava a caminhar com a Maria ao colo. Ia à farmácia, eram quase horas de fechar e estava com um passo apressado. A Maria pergunta-me: "Posso dormir no colinho da mamã?" "Podes filha." Ela encosta a cabeça ao meu pescoço mas a minha trança, de lado, incomoda-a. A Maria começa a mexer na minha trança e diz-me: "A mãe está linda com estes totós." Eu: "Ohhhhhhh..." Nisto a Maria dá-me um beijo na bochecha e um abraço. Coisa mais querida da sua mãe. <3
Qua | 19.06.19

Maria #24

Purpurina
A Maria, com 2 anos e 10 meses, surpreende-nos todos os dias com as suas atitudes, determinação e desenvoltura. É a mais desafiante dos meus filhos e obriga-me, todos os dias, a controlar os meus nervos e a minha paciência para conseguir dar a volta às birras e aos gritos dela. Em termos de birras, tudo o que funcionava com a Lara, com a Maria é mais complexo. A Maria luta muito por aquilo que quer e não se deixa convencer facilmente. Todavia, cede a uma boa argumentação e a (...)
Qua | 29.05.19

Lara #24

Purpurina
No domingo de manhã, enquanto o Milton vai com a Maria à piscina, tento arrumar a casa, mesmo estando com a Lara e o Eduardo. Peço à Lara para entreter o Eduardo enquanto arrumo a roupa lavada e faço a cama. Deixo, então, o Eduardo no chão da sala ao pé dela. Do quarto começo a ouvir um chiar bastante alto e pergunto à Lara o que se passa. Diz ela: "O Eduardo está a arrastar as peças de Lego no chão." Digo eu: "Ai, ai, ai Eduardo". Diz a Lara: "Ai, ai, ai para ti mãe. (...)
Seg | 27.05.19

Coisas de irmãs #7

Purpurina
Domingo de manhã e o rapaz acordou pela 8h00. Deu-nos uma noite inteira de sono, interrompido apenas uma vez pela Lara que quis fazer chichi a meio da noite. Quando me levanto oiço as miúdas no quarto e vou espreitar devagarinho. Encontro a Lara sentada no berço com a Maria, a contar-lhe histórias de uma coleção de livros pequeninos que elas têm. Como não me viram, saio sem fazer barulho e deixo-as assim mais algum tempo. Mais tarde, já depois do pequeno almoço, a Maria (...)
Dom | 26.05.19

Lara #22

Purpurina
Na hora de almoço, a Lara está a comer arroz de peixe enquanto eu lavo a loiça. "Lara, depois do arroz vais querer comer quivi, ou outra coisa?" pergunto. Responde-me ela: "Sim. Vou querer um cachorro quente."
Qua | 15.05.19

Maria #24

Purpurina
A Maria, a brincar no quarto com as bonecas, começa a rabujar com elas. Da sala, ouvimos o seguinte: "Ai, ai ai... Caramba pá! Que mania!" Que risota! Ela diz isto com tanta graça. Está claramente a interpretar uma personagem. Achamos que é a da Educadora dela porque cá em casa não usamos estas expressões. Até usamos outras piores e menos adequadas, mas não estas. :D
Ter | 07.05.19

Maria #21 A roubar bolachas à irmã mesmo debaixo do seu nariz

Purpurina
Fomos fazer um piquenique ao parque da cidade e passar lá a tarde. Para comer levei fruta, iogurtes e umas bolachas torradas, pequeninas.  Dei uma caixinha com bolachas a cada uma das miúdas, cada uma com o mesmo número de bolachas. A Maria ficou sossegada a comer as bolachas e a Lara, como de costume, ia-se distraindo com várias coisas e estava sempre a sair do lugar para ir brincar. Sempre que a Maria a via a afastar-se, fazia um ar muito sério, compenetrado e algo suspeito (...)
Ter | 30.04.19

Coisas que se veem cá por casa

Purpurina
Primeiro oiço a Lara aos gritos a dizer que a Maria quer colar um macaco na camisola dela. Olho pela porta aberta da cozinha e vejo a Lara a correr de um lado para o outro do corredor para o quarto. Dois metros depois, vejo a Maria a correr atrás da Lara de dedo em riste.  Isto é magnífico. Bom... às vezes também estão sossegaditas a ler, como na foto. 
Seg | 08.04.19

Coisas de irmãs #6

Purpurina
As miúdas ainda acordam relativamente cedo (pelas 7h00) mas há dias em que são 8h00 e eu e o Milton ainda conseguimos estar na cama sem ouvir ninguém a chamar-nos. Num desses dias, já passava das 8h00 quando vou ao quarto das miúdas ver se ainda estavam a dormir. Estavam acordadíssimas. A Maria estava em pé no berço e a Lara estava ao pé dela, fora do berço, a contar-lhe uma história. Coisas mais boas. :)
Qui | 04.04.19

Esperei muito por este momento!

Purpurina
E, finalmente, chegou. O dia em que as minhas filhas passaram a ser verdadeiras cúmplices, amigas e companheiras. No início, quando a Maria nasceu, a Lara ainda era um bebé com 2 aninhos. Nunca senti que existissem ciúmes nessa altura e, mesmo tão pequenina, a Lara sempre foi muito cuidadosa e meiguinha com a irmã. Quando a Maria começou a crescer e a impor-se (mais ou menos a partir de um ano e meio) começaram os conflitos entre as duas, que se agudizaram cada vez mais até (...)
Qui | 07.03.19

Maria #21

Purpurina
A Maria pega num livro (que tanto pode ser um livro de histórias como uma daquelas enciclopédias ilustradas para crianças) e põe-se a “lê-lo” da seguinte forma: descreve o que vê nas imagens da página e diz: “então...” e vira a página começando a descrever a página seguinte. Volta ao “e então” e assim continua até ao fim do livro. E eu fico maravilhada a ouvi-la. Coisa mais boa da sua mãe.