Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Sab | 18.05.19

Bolachas de gengibre e canela

Purpurina
O que vos digo sobre estas bolachas é que a receita rendeu 40 e foi um esforço hercúleo não papar aquilo tudo em 15 minutos. São mesmo boas! E a opinião, desta vez, é unânime. As bolachas agradaram mesmo a todos (menos ao Eduardo que ainda não come estas coisas). Sem mais conversas segue a receita: Ingredientes - 90g de açúcar  (uso mascavado ou amarelo) - 100g de manteiga à temperatura ambiente - 1 ovo - 250g de farinha sem fermento - 1 colher de chá de fermento para bolos
Sab | 22.12.18

As prendas para as educadoras das miúdas e uma receita bem boa de bolachinhas

Purpurina
No Natal costumamos oferecer bolachinhas feitas por nós às educadoras e auxiliares das miúdas. No ano passado comprámos umas latinhas muito giras e fizemos cartões personalizados para cada uma. Este ano não conseguimos arranjar tempo para fazer o mesmo mas não queríamos deixar de agradecer o carinho que dedicam aos nossos filhos todos os dias. Então, dedicámos uma noite a fazer bolachinhas de manteiga para oferecer às educadoras e auxiliares das salas das miúdas e, a pedido (...)
Dom | 12.08.18

Biscoitos de canela e erva doce

Purpurina
    São só os melhores biscoitos que alguma vez fiz. Adoro o sabor (canela e erva doce) e não consigo encontrar combinação melhor. Como bónus, são super faceis de fazer na bimby. Segue a receita: Biscoitos de canela e erva doce   Rende cerca de 20 biscoitos. 250 g de farinha100 g de açúcar mascavado100 g de manteiga1 ovo1 colher de chá de fermento em pó1 colher de chá de erva doce em pó1 colher de chá de canela em pó Pré-aquecer o forno a 180ºC.  Colocar (...)
Sab | 11.08.18

Um bolinho delicioso para os mais pequenos e (mais) uma consideração sobre o açúcar

Purpurina
  Quem já me lê há algum tempo sabe o que penso sobre o açúcar na alimentação das crianças. A Lara não comeu doces de nenhum tipo até ter bem mais de 2 anos e ainda hoje o açúcar é muito racionado cá em casa. Ainda assim, com o tempo, tenho-me tornado muito menos radical com a questão do açúcar. Comecei a achar que o meio termo é o mais interessante e que, desde que comessem bem e de forma saudável, os meus filhos poderiam comer doces de vez em quando. Posto isto, (...)