Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qui | 06.12.18

4 meses de Eduardo

Purpurina
E ao terceiro filho ainda me surpreendo com esta coisa estranha e fantástica que é a maternidade.Gosto deste miúdo como se fosse o meu primeiro bebé. Cada coisa que ele faz, cada sorriso, cada olhar deixam-me numa felicidade inexplicável.E das minhas filhas, que brigam pela atenção deste bebé, gosto ainda mais a cada dia. Tão crescidas, tão surpreendentes e tão amorosas que são.Aos 4 meses, o Eduardo está com 67 cm e 7 kg.Continua a mamar de 2 em 2 horas (mesmo de noite) e (...)
Qui | 22.11.18

A primeira vez que o Eduardo chorou mesmo a sério

Purpurina
Foi aos dois meses e meio e, quando o ouvi a chorar na sala, fiquei um pouco aflita.Desde que nasceu nunca o tinha ouvido a chorar de forma tão estridente. Geralmente só mostra desagrado quando tem fome ou quer colo e só chega a choramingar se não for atendido logo (e ainda tem uma tolerância de alguns minutos).Mas naquele momento estava a chorar a plenos pulmões, aos gritos.Cheguei à sala e vi-o na espreguiçadeira, vermelhíssimo e aos gritos. Fiquei um bocado assustada e pensei (...)
Sab | 13.10.18

2 meses de Eduardo

Purpurina
  O Eduardo já tem quase dois meses e meio. Dois meses e meio que passaram a voar, apesar de todos os dias estar com ele, não poupar nada o colinho e ficar a vê-lo dormir completamente embasbacada como se fosse o primeiro filho.Digo bebé feliz com alguma confiança porque de todos os meus filhos este é, sem dúvida, o mais tranquilo, o mais pacífico e o mais sorridente. O rapaz está sempre a sorrir. basta aproximarmo-nos um pouco e ele abre um sorriso rasgado e de olhos (...)
Qua | 06.06.18

Ela é toda parecida com o seu pai

Purpurina
   Farta-se de falar (e não é nisto que é parecida com o pai).Abre a boca mãe, abre a boca! (Enquanto chega ao pé de mim com o termómetro de brincar para me medir a febre na boca.)Onde está a Lara? (Ao que respondo, a Lara foi passear com o pai.)Ah!!!! A Lara foi passear com o pai!Olha mãe, olha um cão! (Enquanto aponta para um cão.)Mãe, quero a chucha cor de rosa. ou Mãe, onde "tá" a chucha cor de rosa? (Depois de a encontrar) Ahhh, a chucha cor de rosa "tá" aqui.Quero (...)