Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Sex | 27.03.20

Lara #32

IMG_4646.jpeg

A Lara acabou de fazer 6 anos.

Espanta-me, todos os dias, o quanto cresceu e a rapariga em que se está a tornar.

Na verdade é bem parecida comigo mas numa versão um milhão de vezes melhor. 

A Lara é muito tímida mas isso não a impede de fazer amigos e fazer de tudo para os outros se divertirem. Está praticamente sempre a rir e a fazer palhaçadas. De tudo faz uma brincadeira e encontra funções inusitadas para todas as coisas.

Adora desenhar, jogar à bola, colecionar tesouros em caixinhas e inventar contorcionismos pela casa.

Ajuda-me imenso em casa. Toma conta dos irmãos, principalmente do Eduardo, com uma sabedoria e uma paciência notáveis. Às vezes, quando o Eduardo acorda de manhã ou depois da sesta, chama pela Lara em vez de chamar pelos pais. 

Ainda hoje estava a trabalhar na mesa na sala e vejo o Eduardo a abraçar a Lara e a dar-lhe um beijo. E ela, faz de tudo para o entreter e para ele não chorar.

Com a Maria a relação é mais complexa. Discutem muito, muitas vezes. Implicam constantemente uma com a outra. Mas, por outro lado, são muito companheiras e cumplices. Muitas vezes, apanho-as a conversarem durante muito tempo, a comentar o "Rei Leão" enquanto o vêem deitadas no tapete da sala, com os pés no móvel da televisão. Nessas alturas até me abstenho de as repreender por estarem com os pés nos móveis. 

Conto mesmo com a ajuda da Lara numa série de coisas. Arruma o quarto e a sala num instante. E arruma muito bem mesmo. Às vezes precisa de uma motivação extra mas, a maior parte das vezes, faz o que lhe peço sem grandes dramas.

Partilha com muita facilidade. Dá-me sempre um pedaço de um chocolate que esteja a comer, um bolo ou uma fruta. Se lhe pergunto se ela não quer comer mais, responde-me que sim mas que não se importa de partilhar comigo. 

Faz as suas birras, de vez em quando. Geralmente quando acha que estamos a dar muita atenção à Maria. Ainda tenho dificuldade em lidar com isso mas não é tão grave ou tão frequente que me preocupe.

A Lara é inteligente mas é muito distraída e perde o foco facilmente. Sai toda à sua mãe.

Ainda pede colo e muito abraços. Deixa-me enchê-la de beijos  à vontade e faz uma cara alegre quando isso acontece.

Tem imensas saudades da escola e dos seus amigos e professoras mas, ainda assim, enche a nossa casa de alegria com a sua boa disposição.

Partilha com os irmãos e com a mãe a pouca vontade de obedecer a vontades alheias. Enfim... Alguém que não seja solidário com este sentimento? 

1 comentário

Comentar post