Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Dom | 16.02.20

10 dicas de poupança para famílias numerosas

mealheiro 7.jpg
Com 3 filhos pequenos e, modéstia à parte, uma gestão muito organizada do orçamento familiar, acredito que estou em condições de vos passar algumas dicas que uso cá em casa.

Sempre fui relativamente poupada mas, com uma família de 5, aquilo que era um hábito engraçado, tornou-se uma regra essencial. 

Sem mais delongas, seguem algumas formas de fazer o dinheiro "esticar" e "sobrar".

Usar tarifa de eletricidade tri-horária
Uso desde que a Lara era bebé e creio que poupo imenso em eletricidade. A máquina de lavar roupa e loiça só são usadas depois das 22h00 e, muitas vezes, também cozinho apenas depois dessa hora.

Usar roupa em segunda-mão
A roupa dos miúdos é em grande parte dos irmãos ou de filhos de amigos ou familiares. Também compro muita roupa em segunda mão e em saldos. Praticamente só gasto mais dinheiro em sapatos e em roupa para a Lara.

Não comprar doces, sumos ou comida pré-cozinhada
Às vezes tenho dúvidas se estarei a poupar neste item. Parece-me que a comida menos saudável é mais barata. De qualquer forma nunca compro sumos (só quando recebemos alguém ou em outro evento especial), bolos, batatas-fritas ou comida pré-cozinhada. De vez em quando o Milton comprava pizzas pré-feitas mas isso é cada vez mais raro.

Não comprar brinquedos a toda a hora
Compro brinquedos para os miúdos quase exclusivamente no aniversário e no Natal. Nunca lhes compramos nada no supermercado (e eles vão muitas vezes connosco às compras). Foi um hábito que sempre tivemos e eles nunca fizeram birras para lhes comprarmos coisas. Às vezes pedem mas nunca fizeram birras.

Trocar a tv a cabo por outras atividades
Não tenho TV a cabo há uns 15 anos. Nem me lembro de como era ter TV a cabo. Quando temos algum tempo livre vemos filmes na Net (às vezes temos Netflix), lemos, conversamos, eu escrevo no blogue, o Milton faz música, fazemos cursos online, estamos com amigos ... não nos faltam ideias. E o dinheiro poupado todos os meses faz uma bela diferença.

Não passar a ferro
Não passo quase nada. Camisas e alguns vestidos tenho que passar mas é raro usar vestidos que precise de passar e o Milton nem sempre usa camisas. Toda a restante roupa sai diretamente do estendal para o roupeiro.

Deixar de comer tantos doces e beber tanto vinho
Calma. Nem eu andava entupir-me de doces, nem o Milton a beber litros de vinho por dia.
Mas, em vez de comer gelado várias vezes por semana ou do copo de vinho a acompanhar todas as refeições do Milton, decidimos guardar essas "coisas especiais" para o fim de semana. Parecendo que não, faz diferença no orçamento.

Controlar todos os gastos
Registo todos os nossos gastos, por categoria, numa folha de excel. Assim, é muito mais fácil perceber onde é que andamos a gastar o dinheiro e onde é que podemos poupar mais.

Ter objetivos de poupança bem definidos
Se nos comprometermos em poupar algum dinheiro todos os meses e se retirarmos no inicio do mês o dinheiro que queremos poupar, torna-se muito mais fácil fazer uma poupança. Depois, ver o dinheiro a crescer motiva-nos para continuar a poupar.

Aderir ao minimalismo e educar as crianças nesta forma de estar
Acredito mesmo que "menos é mais": mais tempo, mais organização, mais vida, mais felicidade, mais simplicidade, mais do que verdadeiramente importa.
Claro que gosto de comprar coisas. Sou mulher e comprar coisas também é terapêutico para mim. Mas prefiro ter menos coisas e que cada uma das coisas que tenho seja mesmo especial. E, se não precisar de algo, simplesmente não compro. Eduquei-me a não comprar por impulso e depois do hábito estar adquirido não custa nada mantê-lo. Antes pelo contrário, muitas vezes sinto que o que me custa mesmo é comprar coisas.

Tenho mais umas quantas dicas de poupança mas se fosse a enumerá-las todas nunca mais saía daqui.

Se gostarem deste tipo de conteúdos e se acharem que é útil falar mais sobre poupança e dar outras dicas digam-me. Há algum campo específico de que gostassem que eu falasse em termos de poupança: alimentação, roupa, contas, férias, atividades com os miúdos?  É dizerem aí nos comentários.  

Beijinhos e abraços

2 comentários

Comentar post