Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qua | 21.06.17

Um livro delicioso!

A insustentavel leveza do ser.JPG

 

Comecei a ler este livro completamente por acaso.


Na semana passada eu e o Milton tiramos um dia para nós e, depois de uma paragem na Ponta da Ferraria para uns banhos, fomos até às Sete Cidades almoçar e estender-nos naquele relvão maravilhoso à beira da lagoa.


Com a pressa para sair de casa, deixar as miúdas na creche, e ainda ir a umas lojas, acabei por me esquecer de levar algo para ler. Até me lembrei antes de sair de casa mas, como não tinha nada preparado, decidi ir mesmo assim.

 

O Milton, ao contrário de mim, não tinha levado um mas sim dois livros. Emprestou-me o que não estava a ler: A Insustentável Leveza do Ser.

 

Já tinha ouvido falar do livro mas confesso que não fazia ideia do que tratava e peguei nele só porque não tinha mais nada para ler e estava mesmo a apetecer-me ler ali, sentada à sombra de uma árvore e rodeada por uma paisagem fantástica.


Comecei a ler sem grande fé quando, logo às primeiras linhas, fiquei completamente presa ao estilo narrativo do livro. Este livro é completamente "a minha cara". É um romance muito bem escrito, repleto de considerações filosóficas e existênciais.

 

Mas não se pense que por isso é um livro aborrecido, nada disso! É um livro delicioso e extremamente bem estruturado, com ideias profundas apresentadas de uma forma clara e fascinante.

Li apenas algumas dezenas de páginas mas espero demorar bastante tempo com este livro.

 

Este, é daqueles que quero ler devagar e saborear cada palavra, para o fazer durar o máximo de tempo possível.


Mas como é que eu não o tinha lido antes? Esta é a questão.

 

6 comentários

Comentar post