Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Seg | 23.01.17

Dicas de poupança na conta de eletricidade ou como ter a cara escavacada em três tempos

Purpurina
  Cá em casa somos muito poupadinhos. Não só no que diz respeito ao dinheiro mas também ao tempo. Assim sendo, banhos coletivos (entenda-se com a participação de duas pessoas) são uma ocorrência muito comum. O homem da casa é conhecido pelas suas extraordinárias qualidades mas, também, por ser um pouco distraído (entenda-se muito trapalhão). Ou isso ou ando a ser vitima de violência doméstica da forma mais descarada possível. Sucede o seguinte: nos últimos dias (...)
Qua | 28.12.16

Sabem aquelas mães que acham que os filhos são a 8ª maravilha do mundo... senão a 1ª?

Purpurina
Pois.Aquelas que falam sem parar nos filhos, falam das suas habilidades como se fossem um prodígio e de cada gracinha como se essa informação fosse tornar o dia de quem a ouve muito mais feliz?! Às vezes sou assim. Acho que não sou muitas vezes assim mas existem dias em que ando a sorrir enquanto caminho, como se tivesse um sol brilhante sobre a cabeça.Passou-se da seguinte forma:Estava com a Maria no canguru, numa loja de fotografia do centro da cidade. Tinha ido imprimir umas (...)
Ter | 22.11.16

Perdi uma excelente oportunidade de estar calada!

Purpurina
  Manhã.Depois da correria do costume, Lara e pai saiam pela porta em direção ao elevador. Eu, meio despenteada, camisola de amamentação meio aberta, decido que o espaço comum em frente ao elevador é o sítio indicado para sugerir ao Milton que não nos estiquemos nas prendas de Natal que vamos oferecer um ao outro. O facto é que, por motivos vários, as minhas despesas mensais aumentaram imenso e o meu poder de compra está quase nulo. Antes que o homem se lembrasse de me (...)
Qui | 15.09.16

Às vezes pergunto-me se tenho alucinações

Purpurina
 Ou se estas coisas aconteceram mesmo. Então foi assim: Dirijo-me ao estabelecimento onde costumo fazer a depilação 2 minutos antes da hora marcada, mais precisamente pelas 14h58. Chego lá e vejo que a porta está fechada mas encostada e empurro-a um pouco para entrar. Digo "Boa tarde" à senhora que lá está e ela volta-se para mim com um ar "mais ou menos" que deve querer dizer: "Sim? Posso ajudar?" ou "O que é que queres?" Eu indico que tenho depilação marcada para as (...)
Ter | 22.03.16

Sou mesmo uma flor de estufa

Purpurina
   Desde a semana passada que ligo várias vezes por dia para o Centro de Saúde para marcar uma consulta de nutrição.  A senhora atende e diz que a nutricionista não está, eu que ligue mais tarde. E ligo mais uma vez num horário diferente, e outra e outra.  Farto-me.  Reclamo.  Ficam finalmente com o meu número.  Passa uma semana e ninguém me diz nada.  Ligo e volto ao mesmo. Ligue mais tarde.  Reclamo e peço outro nutricionista, qualquer um que tenha (...)
Ter | 15.03.16

Afinal não são só os meus amigos que leem este blogue...

Purpurina
Este fim de semana tivemos um casamento de amigos. O casamento foi fantástico, a noiva estava lindíssima (e eu nem sou fã de vestidos de noiva mas estava maravilhosa mesmo), o noivo tinha uns fantásticos sapatos azul-elétrico e a festa foi muito animada. Eu, nos meus 6 meses de gravidez, sinto-me grávida de 12 meses...   Arrisquei levar uns sapatos de salto alto (que por acaso são muito confortáveis) mas passei grande parte do tempo sentada. Entre dores musculares, cãimbras e uma (...)
Seg | 01.02.16

Cidade Preferida: São Francisco

Purpurina
Caminhar sozinha. Enquanto o vinil assistia às conferências do wwdc, eu passeava a pé pela cidade.   Percorri as colinas, li o "Cemitério de Pianos" de José Luís Peixoto, em algumas das (muitas) zonas verdes da cidade onde as pessoas faziam piqueniques, jogavam futebol, faziam yoga e apanhavam sol de biquíni.Não há nada como caminhar sozinha por uma cidade desconhecida. As sensações que se conseguem, quando não existem outros (...)
Ter | 22.12.15

Um dia no Parque Terra Nostra

Purpurina
 Um dos meus locais preferidos na Ilha de São Miguel é o parque Terra Nostra, um jardim botânico com mais de 200 anos, situado no maravilhoso vale das Furnas. O jardim é fantástico e a piscina de água quente, uma das mais extraordinárias do país,  é absolutamente deliciosa!Gosto de lá ir com o tempo frio. Começo por  dar uma volta pelo jardim, parar num cantinho bonito para a merenda, que consiste invariavelmente de um bolo lêvedo fresquinho acabado de comprar e um copo (...)
Sex | 14.08.15

Sinal claro de que estamos a ficar completamente xexés

Purpurina
   Naquele dia deitei-me por volta da uma da manhã. O ritual foi o mesmo de todos os dias: adormecida a bebé, é usufruir dos minutos possíveis a ler "Lolita" no iPad (com o brilho no mínimo para não fazer muita claridade).  Quando começo a trocar as letras das palavras, fecho o iPad e durmo.  Acordo com a sensação de ter dormido bem. Às vezes acordo com a sensação de ter sido espancada de noite, mas naquele dia pensei: " Que noite bem dormida! Sinto que dormi 8 (...)
Qua | 08.07.15

Mudei de casa 10 vezes #1 - O quarteirão Cor de Rosa

Purpurina
   Saio de casa um pouco antes das 8h00 da manhã. O ar, de verão a acabar, está cada vez mais fresco.Desço a rua em direção ao meu local de trabalho. Logo no inicio, à direita, encontro uma barriga enfiada numa camisa, sempre o mesmo senhor, sempre à mesma hora, na mesma posição, a camisa muda de cor mas não de feitio. Atravesso o centro da cidade antes de chegar ao trabalho. As casas brancas e altas, contornadas de cinzento vulcânico, pertencem quase todas a (...)
Sex | 01.05.15

Durante uma caminhada #1

Purpurina
                                     No regresso da caminhada de uma hora pela marginal de Ponta Delgada, estava a passar no largo da Igreja Matriz e vejo, sentado num banco, um jovem casal de turistas, ambos de cabelo cor de avelã, ele com uma barba ralinha que o fazia parecer ainda mais jovem, (...)
Qui | 23.04.15

Aquela vez em que não fiquei careca

Purpurina
 Este texto deve-se, em primeiro lugar, ao facto de ter sentido falta desta informação quando me deparei com a situação que vou descrever. Durante a gravidez pesquisei imenso em blogs sobre os mais variados assuntos sobre bebés e como cuidar deles e também sobre as alterações no corpo e na mente da mulher depois do parto. Mesmo assim, apanhei alguns sustos.A gravidez, em si, foi muito pacífica. Sem enjoos, azia ou outro tipo de mal-estar nos primeiros meses.Depois descobri que (...)
Sex | 27.03.15

Papel higiénico, anazes e música

Purpurina
Então hoje foi assim:   - Levantar, pela hora do costume, tomar o pequeno-almoço e ir trabalhar;   - Almoçar a "receita experimental" de frango com feijão-verde (congelado) feita na noite anterior e constatar que, apesar de não ter resultado no último grito da gastronomia portuguesa, até está bem comestível;   - Aproveitar a hora de almoço para fazer umas compras de bens essenciais evitando, assim, uma deslocação ao supermercado no fim-de-semana. A desvantagem disto é (...)
Sab | 21.03.15

Sobre as minhas férias

Purpurina
Adoro planear viagens. Quase chega a ser a minha parte preferida das férias. Imaginar o que vou fazer, como o vou fazer, pesquisar todas as hipóteses possíveis de estadia, sítios a visitar, transportes, atividades... adoro fazer isso.  Este ano não foi diferente. Comecei a imaginar o que poderia querer fazer, pensei em Barcelona, depois em Évora, e acabei por decidir algo completamente diferente.  Foram quase duas semanas de férias passadas em Alpiarça, na casa dos meus pais.  For (...)
Dom | 25.01.15

Maternidade parece afetar a voz

Purpurina
Tendo sido mãe há dez meses, dormir não tem sido a minha atividade mais frequente (embora seja, de longe, a minha preferida).As coisas não têm melhorado no último mês. Há noites em que não durmo mais que uma hora. Há semanas em que durmo em 5 dias o que devia dormir numa só noite. A semana passada foi uma dessas. Como não consigo dormir de dia, sempre que a minha filha dorme a sesta, aproveito para fazer tudo o que há sempre para fazer na cozinha e, depois, para descansar e (...)
Qui | 16.10.14

Sobre Reclamações

Purpurina
Costumo dizer, mais ou menos a sério, que sou uma profissional das reclamações. Isto porque, sendo filha única, tenho uma baixa tolerância à frustração e, quando me deparo com situações menos agradáveis, salta-me logo a tampa. Mentira, não é por isso. Bem, se calhar é um pouco mas, a principal razão porque reclamo, é por considerar que cada um de nós é responsável pelo mundo onde vive e, negligenciar uma situação desagradável com o silêncio, é uma espécie de (...)
Seg | 01.09.14

Coisas que acontecem numa segunda-feira à tarde

Purpurina
Estou em casa, curiosamente, a escrever um post.É um daqueles momentos, um pouco tensos, em que quero aproveitar cada segundo, enquanto a minha bebé dorme a sesta, para fazer alguma coisa.Nestas alturas (e nas outras também), é impreterível que eu não seja chateada de forma nenhuma, por ninguém e por nenhum motivo.Tocam à campainha o que, por si só, é uma coisa que me irrita (...)
Seg | 25.08.14

Coisas que me afligem

Purpurina
Precisar de comprar coisas para rechear um pequeno lar e, cada vez que entro numa superfície comercial da especialidade, parece que entrei numa loja vintage de mau gosto (assim numa abordagem mais simpática da coisa) ou num freak show da Idade Média (numa abordagem mais realista da coisa).E passo a anunciar os vencedores nas categorias dos bibelots mais bizarros:Segundo lugar Moldura (...)
Qui | 26.06.14

A motivação de ontem para correr

Purpurina
E andava eu, ontem, ainda antes das 7h00 da manhã, na corridinha do costume, já naquela volta que não apetece nada fazer, toda moída e cheia de fome (nota mental para nunca mais comer apenas um pêssego antes de correr... pelo menos um iogurte e um pêssego), quando me deparo com dois cães jovens a meio do caminho. Pareceram-me cães de fila, irmãos e perdidos. Tentei contorná-los e tal, mas eles não se deixaram enganar e dirigiram-se a mim todos entusiasmados.O que vale é que (...)
Sex | 06.06.14

Coisas que eu já devia saber (que não dão certo) #1

Purpurina
Não se estende roupa no quintal aos fins de semana e feriados. Se o tempo está bom para estender a roupa, também está ótimo para os vizinhos acenderem as brasitas e fazerem um belo churrasco que nos vai deixar a roupa (no mínimo) com um odor peculiar.Não vale a pena combinar ir a dois eventos marcados para a mesma hora, se eles distam mais de 20 km entre si. Ou se está num lado, ou se está no outro. Um (...)