Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Sex | 08.12.17

Ela chama-me "Carla"

Purpurina
  Ainda no outro dia nasceu. Gordinha e muito séria. Linda!Durante muitos meses era muito agarrada a mim, só queria o meu colo e era eu que lhe dava maior conforto.Por volta dos 16 meses apanhou a fase "Pai" que ainda está agudíssima. Vai para a porta chamar pelo pai, pergunta várias vezes pelo pai durante o dia e, quando vamos os dois buscá-la à creche, se me vê primeiro pergunta logo pelo pai.A noite passada não dormimos nada: eu, o Milton e a Maria. Ela está com bronquiolite (...)
Sab | 02.12.17

A Maria e o pai

Purpurina
Aos 17 meses, a Maria entrou definitivamente na fase “Pai”. Se antes era completamente agarrada a mim e só queria o meu colo, agora mal tira a vista de cima do pai começa logo a chamá-lo insistentemente. É uma coisa cómica de ver: ri-se com ar envergonhado quando ele faz brincadeiras, se eu lhe peço um beijinho diz-me que não e tenta dar antes ao pai e outras coisas que tais. É muito giro de ver, tendo em consideração que , fisicamente e tirando a barba, a Maria é uma (...)
Sex | 10.11.17

Elas dão connosco em doidos

Purpurina
Nisto de ter duas filhas pequenas sinto que agora é que estamos "a ver como é que é". Bom... sublinho, sempre, que foi a melhor ideia que já tive na vida e a melhor coisa do mundo isto de ter duas filhas. Mas é também o maior trabalho e o maior desafio que já tive.Elas estão numa idade bem interessante. A Lara, já com personalidade bem definida, quer continuar a controlar o território físico e emocional que sempre foi seu.A Maria, com 16 meses, começa a definir a sua (...)
Qui | 09.11.17

16 meses de Maria

Purpurina
  Um destes dias eu e o Milton estávamos com as miúdas a brincar no quarto. Entretanto começámos a conversar mais animadamente (e mais alto) e ouvimos: “Calma!”. Assim, pronunciado de uma forma perfeita: “Calma!” Fiquei espantada a olhar para a Maria. Ver aquela menina pequenina, com cara e tamanho de bebé, a pronunciar corretamente cada vez mais palavras e a aplica-las corretamente causa-me uma admiração enorme. Na creche já nos tinham dito que ela imitava tudo o (...)
Dom | 05.11.17

Com um ano, a miúda já é gulosa!

Purpurina
 Com um ano, a miúda já é gulosa! Com a Lara, que tem agora 3 anos e meio, habituei-me a comer gelados à vontade. Não os como todos os dias mas, no verão, até posso comer todas as semanas. Ela não gosta, acha demasiado frio, e mesmo que lhe ofereça o mais certo é recusar. No outro dia fomos almoçar fora os quatro e o menu de criança da Lara incluía um mini gelado que ela, naturalmente, não quis. Preparo-me para comer o gelado, toda contente, quando olho para o lado e (...)
Ter | 17.10.17

15 meses de Maria

Purpurina
 A Maria tem 15 meses, está entre um ano e um ano e meio, aquela idade em que ainda é bebé mas começa, muito rapidamente, a deixar de ser.Parece-me que é nesta idade que a quero pegar ainda mais no colo, dar-lhe mais beijos, fazer-lhe festinhas naquele cabelinho curtinho e castanho, apertar-lhe aquelas bochechas boas uma data de vezes (agora que ainda posso fazer isso porque ela vai deixando).Com 15 meses a Maria surpreende-me todos os dias (não estou sempre a dizer isto?).- (...)
Seg | 09.10.17

Recortes dos nossos dias

Purpurina
 Hoje, quando estavamos a sair de casa de um casal de amigos, o nosso amigo tinha a Maria ao colo e a determinada altura dissemos à Lara que a Maria ficaria na casa dos nossos amigos naquela noite (ou durante uns dias, não sei). A Lara voltou imediatamente para trás, aflita e disse que não, que a Maria tinha que vir connosco para casa. Eu perguntei porquê, já que têm tido tantos desentendimentos.  Ela, com um ar mesmo aflito disse: "Porque eu gosto dela." E havia tanta verdade (...)
Qui | 28.09.17

Como a Maria resolve os seus problemas

Purpurina
A Maria, com quase 15 meses, tem uma forma peculiar de contornar a realidade que não lhe apraz. Percebemos a sua técnica no fim de semana passado quando fomos passear nas Portas do Mar, ao fim da tarde. A determinada altura encontrámos uma coleguinha da escola dela, com os pais. Naturalmente parámos a conversar um bocadinho e a mãe da coleguinha, que sempre foi muito querida e simpática com a Maria, começou a falar com ela. E a Maria o que fez? a) Riu-se e pôs-se a tagarelar, (...)
Seg | 18.09.17

Maria, a safadinha

Purpurina
Fomos até à Quinta dos Açores beber um café e comer um geladinho de chocolate com queijo de São Jorge.A Maria estava na sua cadeirinha de bebé, com um xilofone de madeira à frente, toda contente a tocar e a "cantar" a roda do autocarro à sua maneira.Na mesa ao lado estava um casal com dois filhos, sendo que o mais novinho, com uns 3 anos, estava a olhar para a Maria a tocar xilofone.E não é que a miúda, com os seus 15 meses, começou a exibir-se e a sorrir para o miúdo?!Fartám (...)
Sex | 04.08.17

O primeiro banho de mar da Maria

Purpurina
 Foi tão giro! Poucas coisas são tão mágicas e especiais como ver um bebé a viver experiencias pela primeira vez. A reação deles é impagável! :P No sábado foi a vez da Maria sentir a água do mar nos pés e nas perninhas (como foi a primeira vez não quis molhar muito). A Lara já tinha ido à água e estava ali ao nosso lado, toda contente a ver como reagia a Maria. O primeiro desafio superado foi colocar a Maria com os pés na areia sem ela chorar. Na última vez que (...)
Seg | 31.07.17

Como é a Maria com um aninho

Purpurina
  A Maria, aos 12 meses, é a menina mais fofa e refilona que se pode imaginar. Andar não é com ela. Gatinhar também não. A não ser na aranha. Na aranha, faz maratonas inteiras (sempre connosco a vigiar). Fala bastante: mamã, papá, papa, cocó, caca, bebé, cão, pato, olá, adeus, pé, não, já tá, dá, toma, banana, macaco... Basicamente, ela imita tudo o que tiver uma pronúncia simples e fá-lo praticamente na perfeição.Achamos que canta, porque entoa ritmos com a voz e (...)
Qui | 27.07.17

Rotina alimentar da Maria aos 12 meses

Purpurina
  - 7h30: papas de aveia com fruta - 11h30:  sopa com carne ou peixe + papa de fruta - 15h00:  2 iogurtes naturais ou 1 iogurte com fruta ou bolacha - 19h00:  sopa de legumes + papa de fruta Algumas considerações - O leite que bebe é meio gordo, normal, nas papas de aveia caseiras. Vou experimentar dar-lhe leite simples, para ver se bebe. Antes era leite materno até aos 11 meses.- Os iogurtes são naturais, sem açúcar adicionado. - Come carne ou peixe na sopa ao almoço (...)
Qui | 06.07.17

A Maria já tem 1 ano

Purpurina
  Nem sei como passou o tempo! Olho para ela e vejo-a com a mesma carinha que tinha quando nasceu, tão gordinha e gostosa como há um ano atrás.Com um aninho a Maria está uma bebé gostosa, boa e cheia de personalidade.Já diz muitas coisas e tenta imitar tudo o que dizemos. Diz: mamã, papá, Dá cá, Já tá, cocó, papa, não, cão, gato, pato, pé, chucha e outras palavras simples que nos lembremos de lhe ensinar. Tem 3 dentinhos e quase um quarto a nascer. Come muito bem e, (...)
Sex | 16.06.17

Dizem que é mais fácil com o segundo filho mas não é

Purpurina
   Dizem que é mais fácil com o segundo filho mas não é. A Maria foi para a creche. Foi para a mesma creche onde anda a Lara e onde eu tenho a certeza absoluta que é tratada com cuidado e carinho. Mas, ainda assim, custou muito. Deixar o nosso bebé, a chorar, num ambiente que lhe é estranho, com pessoas que não conhece, é um momento bem desafiante para uma mãe (para não dizer desolador). Eu sei que, fisicamente, ela fica bem. Não tenho dúvida nenhuma que, quem ficou com (...)
Qua | 10.05.17

10 meses de Maria

Purpurina
 E tantas novidades! Já diz mamã. Fala que se farta. Às vezes acorda de manhã muito cedo e fica a tagarelar no berço. É delicioso ouvi-la.  Presta muita atenção quando lhe leio histórias. Têm que ser histórias adequadas para a idade dela, com poucas frases e muitas imagens coloridas. Há uns dias uns amigos ofereceram-lhe o Livro de Elmer (versão para bebés) e ela fica muito atenta ao livro e ao que estou a ler. Consola ler-lhe histórias porque ela fica mesmo atenta. Já (...)
Qua | 03.05.17

Diário de Família #1

Purpurina
A Lara é muito "irmã".Não sei como aconteceu mas "ser irmã" parece uma coisa muito natural nela.Às vezes, entro no nosso quarto (onde a Maria ainda dorme) e a Lara, sentada ao lado do berço da irmã, diz-me para ir embora que ela está a tomar conta da Maria.Outras vezes peço-lhe para falar com a Maria enquanto estou a fazer alguma coisa e a Maria começa a rabujar. Ela faz-lhe caretas, brincadeiras, dá-lhe brinquedos (grandes e molinhos para não se magoar nem se engasgar, como (...)
Sab | 08.04.17

9 meses de Maria

Purpurina
 Por mais que puxe pelo neurónio não consigo perceber como é que a Maria já está tão crescida! Ela nasceu ontem! Ela era tão pequenina, ontem! Olho para ela, a bater palminhas, com um olhar tão atento quando lhe ensino alguma coisa nova e não percebo como é que aquele serzinho já é tão independente.Já a vejo com uma personalidade tão vincada, com um amor tão grande pela irmã, com uma perceção das pessoas e do mundo que estranho num bebé tão pequenino. Creio que (...)
Dom | 12.03.17

Maria #8

Purpurina
  A minha bebé mais pequenina já tem 8 meses.Nem consigo acreditar.Já tem um dentinho. Dei por ele no dia 5 de março, quando lhe estava a dar a sopinha ao jantar.De repente, vejo uma coisinha branca na gengiva e lá estava ele, um dentinho espetadito. :PCome muito bem e, na maior parte das noites, já dorme 6 horas seguidas.Mama 3 vezes por dia e bebe muita água (ao contrário da irmã, que só começou a beber água com 15 meses e quando o tempo ficou muito quente). Desde que (...)
Qui | 23.02.17

Eczema atópico em bebés - O que resultou com a minha filha

Purpurina
 Já tinha falado aqui do facto da minha filha mais nova - a Maria, com 7 meses agora - ter eczema atópico. Ela teve 4 crises seguidas e eu estava a entrar completamente em pânico. Apesar de não ser uma doença muito grave é geradora de grande ansiedade nas crianças e nos pais (eu que o diga). A minha filha ficou com a cara, o pescoço e partes do corpo completamente vermelhas e (...)
Sab | 18.02.17

Tal pai tal filha #1

Purpurina
 O Milton é daquelas pessoas que usa exatamente a mesma expressão facial para demonstrar dezenas de sentimentos. Esteja a sentir surpresa, raiva, alegria, susto, entusiasmo, tristeza, melancolia, frustração, felicidade, a cara é sempre igual. A Maria parece que até nisso puxa ao pai. No outro dia filmei-a a rir às gargalhadas durante mais de um minuto. Mas a rir mesmo muito! Ouvi-la era hilariante! Quando vi o vídeo, custava-me a acreditar que a rapariga estivesse mesmo a rir. (...)