Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Dom | 10.12.17

Conversas da Lara #11

Purpurina
De manhã, deitada no sofá e tapada com a mantinha cor de rosa (portanto bem instalada).A Maria em pé, perto do sofá, de comando na mão.Diz a Lara: "Mãe podes pôr o Pocoyo para a Maria?"Eu: "Para a Maria?" (A Maria só gosta de ver desenhos que tenham sapos, não liga grande coisa ao Pocoyo).E pronto, as irmãs mais novas também servem para estas coisas. :)
Sex | 10.11.17

Elas dão connosco em doidos

Purpurina
Nisto de ter duas filhas pequenas sinto que agora é que estamos "a ver como é que é". Bom... sublinho, sempre, que foi a melhor ideia que já tive na vida e a melhor coisa do mundo isto de ter duas filhas. Mas é também o maior trabalho e o maior desafio que já tive.Elas estão numa idade bem interessante. A Lara, já com personalidade bem definida, quer continuar a controlar o território físico e emocional que sempre foi seu.A Maria, com 16 meses, começa a definir a sua (...)
Qui | 28.09.17

Amor de irmã

Purpurina
Ontem, eu e o Milton fomos buscar as miúdas à escola e pegámos na Lara primeiro. Quando chegámos ao pé da Maria, que estava ao colo de uma auxiliar, ela começou logo a rir e a esbracejar toda feliz. E adivinhem quem é que ela começou logo a chamar? A Lara pois claro. Era vê-la a rir com os olhos brilhantes de felicidade e a dizer: “Lara!” repetidamente. Qual mamã e papá. A Lara é que é fixe. 
Sab | 26.08.17

As minhas filhas já dormem no mesmo quarto

Purpurina
Quando viemos de férias aproveitámos toda a bagunça que estava criada com as roupas para lavar e a casa desarrumada, para fazer algumas mudanças. Uma delas foi colocar o berço da Maria no quarto da Lara e alterar a configuração dos móveis para transformar o quarto de uma menina no quarto de duas meninas.Até correu bem. O espaço ficou menor mas até ficou com um ar mais aconchegante e fofinho.Colocámos o berço em frente à cama da Lara e coube mesmo na perfeição. Não (...)
Qui | 29.06.17

Às vezes ter duas filhas é mais fácil que ter só uma

Purpurina
  Quando o dia é aborrecido, estou sozinha com a Maria doente em casa, sem grande êxito para a entreter e, quando chega a Lara, ela ri e esperneia de satisfação. Quando as coloco no parque e ficam a brincar as duas, perfeitamente entretidas, a entenderem-se numa linguagem própria e, sobretudo, felizes e tranquilas. Isto delas já brincarem juntas é uma coisa que me surpreende sempre! A Maria tem quase um ano e a Lara já tem três mas, mesmo assim, não esperava que se (...)
Qua | 03.05.17

Diário de Família #1

Purpurina
A Lara é muito "irmã".Não sei como aconteceu mas "ser irmã" parece uma coisa muito natural nela.Às vezes, entro no nosso quarto (onde a Maria ainda dorme) e a Lara, sentada ao lado do berço da irmã, diz-me para ir embora que ela está a tomar conta da Maria.Outras vezes peço-lhe para falar com a Maria enquanto estou a fazer alguma coisa e a Maria começa a rabujar. Ela faz-lhe caretas, brincadeiras, dá-lhe brinquedos (grandes e molinhos para não se magoar nem se engasgar, como (...)
Ter | 02.05.17

Carla 1 - Milton 0

Purpurina
Nunca fui pessoa de laços, lacinhos, folhos e coisas cor de rosa.Até ter uma filha. E depois outra. E, depois, uma inesperada vontade de as vestir de igual.O Milton detesta a ideia. Nunca me deixou comprar roupas com o mesmo padrão para as duas.Ele nem costuma opinar em muita coisa. Como a maior parte dos homens (inteligentes) deixa a maior parte das decisões a meu cargo e opina só quando lhe é solicitado ou tem mesmo que ser. No caso das roupas iguais para as duas, ele foi sempre (...)
Sex | 31.03.17

Coisas de irmãs #3

Purpurina
 A Maria pode passar o dia aborrecida mas, assim que a Lara chega a casa, ri-se para ela às gargalhadas toda contente. A Lara, orgulhosa, faz palhaçadas para a irmã se rir ainda mais.Quando a Maria a vê subir para a nossa cama, já sabendo que vai por-se ali a pular, começa logo a rir-se com um sorriso que é único e dedicado apenas à irmã.  “Vê Maria, vê!” diz a Lara, várias vezes ao longo do dia, fazendo caretas, mostrando novas habilidades e brinquedos à irmã.
Sab | 31.12.16

Coisas (extremamente fofinhas) de irmãs #2

Purpurina
 Dizem que os nossos filhos são os nossos melhores espelhos e já tive muitas oportunidades de constatar isso, nas melhores e nas piores coisas. A Lara imita-nos muitas vezes na forma como lidamos com ela, ou sendo fofinha ou repreendendo outras pessoas ou o gato, como nós fazemos com ela.Bom... nem todos os comportamentos serão uma imitação nossa porque nunca lhe batemos  e ela teve uma fase em que nos batia quando era contrariada - felizmente já passou - mas muitos são, sem (...)
Sex | 16.12.16

Coisas (extremamente fofinhas) de irmãs #1

Purpurina
 Ontem foi um dia especialmente agitado e passámos boa parte dele no carro entre passeios e visitas a amigos. A determinada altura a Maria começa a chorar e eu vou para o banco de trás, entre as cadeiras de carro dela e da Lara, e começo a brincar com a Maria para a distrair. Eventualmente ela pára de chorar e começa a dar gargalhadas.A Lara, de 2 anos e meio, costuma meter-se com a irmã e falar com ela quando estamos todos no carro. Vendo-me ali, metida entre as duas diz: "Mãe (...)
Sab | 09.07.16

Lara #5

Purpurina
A minha filha Lara, de 2 anos, percebe mais de recém nascidos que os pais  Ainda a Maria tinha menos de uma semana, estava choramingar na cadeirinha. Já lhe tinha dado de mamar, a fralda estava limpa, já tinhamos falado com ela, embalado e nada. Continuava a choramingar. A Lara, com aquele arzinho sério que ela faz sempre que se trata da irmã, pegou na chucha da Maria e colocou-a na boca da bebé. Calou-se instantaneamente.Ficámos impressionados. Com a intuição da miúda e com (...)