Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qua | 21.06.17

Um livro delicioso!

Purpurina
 Comecei a ler este livro completamente por acaso.Na semana passada eu e o Milton tiramos um dia para nós e, depois de uma paragem na Ponta da Ferraria para uns banhos, fomos até às Sete Cidades almoçar e estender-nos naquele relvão maravilhoso à beira da lagoa.Com a pressa para sair de casa, deixar as miúdas na creche, e ainda ir a umas lojas, acabei por me esquecer de levar algo para ler. Até me lembrei antes de sair de casa mas, como não tinha nada preparado, decidi ir mesmo assim.
Sab | 27.05.17

Finalmente vi o Lalaland

Purpurina
O plano era ter ido ver o filme no cinema. Combinei com uma amiga mas, ora eu não podia, ora ela não podia, e acabámos por não ir. Ontem, e antes de ontem, e no dia anterior, vi finalmente o filme. Sim, repartido em três. Depois de ter duas filhas até séries de 20 minutos vejo em duas ou três partes. Vi e gostei muito.Já tinha lido várias críticas positivas e menos positivas ao filme por isso até estava sem grandes expetativas.Curiosamente (ou não) não fiquei impressionada (...)
Seg | 01.05.17

Vamos deixar de ver séries

Purpurina
 Há mais de 10 anos que não vejo televisão.Não tenho canais de televisão para além dos 4 nacionais e nunca os vejo. Uso a TV basicamente para ver séries, filmes, vídeos no youtube e desenhos animados.Mesmo quando estou num hotel, sem nada de especial para fazer, não consigo ver televisão. Fazer zapping parece-me perda de tempo e os programas que passam não puxam por mim. Acho que é mesmo falta de hábito porque, de certeza, que existem muitos programas de televisão bastante (...)
Sab | 11.03.17

Weeds

Purpurina
 É a série que mais gosto de ver neste momento.É divertida, tem personagens muito boas, interpretações bastante competentes, e é suficientemente curta para eu conseguir ver um episódio sem adormecer. Hoje em dia, este é um factor de exclusão quando escolhemos uma série para ver cá em casa. É a história de uma viúva -  jovem, bonita, com uma personalidade engraçada, aparentemente ingénua e muito sedutora, com 2 filhos -  que começa a vender erva para conseguir manter o (...)
Ter | 14.02.17

Sully

Purpurina
Milagre no Rio Hudson, em português, é o filme que conta a história do piloto que aterrou um avião com 155 pessoas no rio Hudson. Todas as pessoas sobreviveram.    É mais um filme sobre um herói americano. Ok, é verdade. Mas, queiramos ou não, gostamos deste.   Queiramos ou não, e nisto tenho que dar muito o braço a torcer, vemos retratado neste filme o melhor da  América.   Em menos de 30 minutos, um conjunto de esforços humanos fez com que fosse possível salvar todas as (...)
Sex | 03.02.17

Sou um "rato de biblioteca" feliz

Purpurina
Lembro-me do dia em que descobri o que era uma biblioteca como um dos mais empolgantes e felizes da minha infância. Desde esse dia que passei horas na biblioteca a ver livros de fotografia do Sebastião Salgado, Atlas e todo o tipo de livros grandes que não pudesse levar para casa. Porque os livros que podia levar para casa não me chegavam. Hoje, por acaso (ou talvez não), vivo muito perto da biblioteca da cidade. E, depois de dezenas ou centenas de vezes, em que percorri os (...)
Seg | 09.01.17

Árvore da Vida

Purpurina
Vi o filme "Árvore da Vida" em Alvalade, o cinema com melhor horário e que, pela localização e por ser um cinema tão recente, me pareceu ter um tipo de público diferente daquele que encontro geralmente na cinemateca ou em locais mais antigos. Não que tenha alguma coisa contra esse "tipo de público", até porque faço parte dele mas… naquele dia não me estava a apetecer muito, se é que me percebem.Fui então ao cinema e, ao (...)
Dom | 08.01.17

Inglourious Basterds

Purpurina
Desta vez Tarantino escolheu um momento histórico (a queda do regime nazi, personificado nas figuras de Hitler e Goebbels), para aplicar a sua forma muito própria e altamente eficaz de fazer cinema. A fórmula é a de sempre: uma (...)
Qua | 12.10.16

A minha primeira Maratona de cinema

Purpurina
* Cinematona #1 - Maratona de CinemaDe 12 de Setembro a 12 de outubroMuito poderia eu dizer sobre esta experiência mas nunca mais saía daqui. Posso dizer que gostaria de ter feito uma seleção mais cuidada dos filmes para ver mas, como tive que me limitar ao Netflix e Youtube, fiquei sem grandes opções.Ainda assim vi filmes de que gostei muito: Cowspiracy, Look Who´s Back , Incendies, Scarface, L.A. Confidential e The Fundamentals of Caring.Vi também, o pior filme de sempre: (...)
Qua | 05.10.16

Um filme sobre bullying que todos os miúdos deviam ver

Purpurina
Vi este filme na semana passada e soube logo que o queria guardar para as minhas filhas verem.A Girl Like Her"A Girl Like Her", é sobre bullying e, embora não seja tão chocante como poderia ser, é suficientemente intenso para nos deixar desconfortáveis e a pensar seriamente no que é que podemos fazer, enquanto pessoas, para combater e sobretudo prevenir, a violência entre crianças e jovens.O tema do bullying é-me (...)
Sab | 27.08.16

2 thrillers para o fim de semana

Purpurina
Há muito tempo que não vejo filmes muito dramáticos nem de terror. Acho que foi depois de adotado uma forma de estar mais calma. Como não queria ficar nervosa, deixei de ver e, entretanto, nunca mais tive vontade de ver filmes muito pesados.Mas gosto sempre de ver bons thrillers e hoje falo dos dois últimos que vi e de que gostei. Estes filmes foram mencionados no canal de Youtube da Dora, Books and Movies
Dom | 05.06.16

Ando a ler crónicas do António Lobo Antunes

Purpurina
 Andei uns tempos numa crise de leitura. Por crise de leitura entenda-se aquela fase em que não estou a ler algo que me agarre completamente, que me absorva de tal forma que aproveite cada segundo livre para ler mais uma página, uma linha, uma palavra. Até que tropecei, na biblioteca, num livro de crónicas do António Lobo Antunes. Conheci as crónicas do António Lobo Antunes na revista Visão. Havia alturas em que era praticamente a única coisa que me apetecia ler na revista. (...)
Sab | 21.05.16

Joy

Purpurina
 Acredito que a natureza humana no geral não é boa. Tenho pouca fé na sabedoria das grandes massas e creio que quando muitas pessoas se juntam o resultado não tende a ser muito positivo. Apesar disso tenho a certeza de existirem pessoas excecionais e um grande potencial em cada um de nós para nos transformarmos no melhor que podemos ser, bastando para isso que esse potencial se alie à nossa vontade. Tenho muita fé no poder da empatia pelo próximo e acredito que, quando passamos (...)