Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Dom | 03.12.17

Quando cuido das minhas filhas cuido da minha criança interior

Purpurina
Muitas vezes olho para as minhas filhas, principalmente para a Lara que é claramente mais parecida comigo, e vejo a criança que fui. Ou melhor, vejo uma versão muito melhor da criança que fui. Olho para as minhas duas meninas e vejo-me menina, assumo os meus pensamentos, os meus medos e as minhas alegrias de infância. Quando beijo as minhas filhas de noite e lhes digo que são a minha maior felicidade e alegria, estou a fazer exatamente aquilo que me faria sentido como criança.
Sex | 10.11.17

Elas dão connosco em doidos

Purpurina
Nisto de ter duas filhas pequenas sinto que agora é que estamos "a ver como é que é". Bom... sublinho, sempre, que foi a melhor ideia que já tive na vida e a melhor coisa do mundo isto de ter duas filhas. Mas é também o maior trabalho e o maior desafio que já tive.Elas estão numa idade bem interessante. A Lara, já com personalidade bem definida, quer continuar a controlar o território físico e emocional que sempre foi seu.A Maria, com 16 meses, começa a definir a sua (...)
Ter | 17.10.17

15 meses de Maria

Purpurina
 A Maria tem 15 meses, está entre um ano e um ano e meio, aquela idade em que ainda é bebé mas começa, muito rapidamente, a deixar de ser.Parece-me que é nesta idade que a quero pegar ainda mais no colo, dar-lhe mais beijos, fazer-lhe festinhas naquele cabelinho curtinho e castanho, apertar-lhe aquelas bochechas boas uma data de vezes (agora que ainda posso fazer isso porque ela vai deixando).Com 15 meses a Maria surpreende-me todos os dias (não estou sempre a dizer isto?).- (...)
Seg | 09.10.17

Recortes dos nossos dias

Purpurina
 Hoje, quando estavamos a sair de casa de um casal de amigos, o nosso amigo tinha a Maria ao colo e a determinada altura dissemos à Lara que a Maria ficaria na casa dos nossos amigos naquela noite (ou durante uns dias, não sei). A Lara voltou imediatamente para trás, aflita e disse que não, que a Maria tinha que vir connosco para casa. Eu perguntei porquê, já que têm tido tantos desentendimentos.  Ela, com um ar mesmo aflito disse: "Porque eu gosto dela." E havia tanta verdade (...)
Dom | 08.10.17

Arrumar e organizar os brinquedos das crianças

Purpurina
   Cá em casa somos bastante minimalistas. Somos mesmo. Não compramos brinquedos com regularidade nem encorajamos outras pessoas a fazê-lo. Ainda assim, os brinquedos vão-se acumulando. E, por mais estranho que pareça, as miúdas brincam mesmo com tudo. Mesmo. Quando vou dar por isso, tenho o quarto ou a sala cheio de brinquedos de todos os géneros e feitios. São vários tipo de brinquedos de construção misturados, pequenas peças magnéticas, cubos de borracha, sapatinhos (...)
Qui | 28.09.17

Amor de irmã

Purpurina
Ontem, eu e o Milton fomos buscar as miúdas à escola e pegámos na Lara primeiro. Quando chegámos ao pé da Maria, que estava ao colo de uma auxiliar, ela começou logo a rir e a esbracejar toda feliz. E adivinhem quem é que ela começou logo a chamar? A Lara pois claro. Era vê-la a rir com os olhos brilhantes de felicidade e a dizer: “Lara!” repetidamente. Qual mamã e papá. A Lara é que é fixe. 
Sab | 09.09.17

Fiz um questionário à minha filha de 3 anos

Purpurina
Encontrei aqui, no blogue de uma amiga, um desafio que me pareceu muito giro para fazer com a Lara.É um conjunto de perguntas cujas respostas prometem ser, no mínimo, engraçadas. :DVerifiquem. :DQual é o teu nome?- Lara Quantos anos tens?- 3 Quando fazes anos?- Não sei Qual o nome da mãe?- Carla Qual o nome do pai?- Milton Quantos anos tem a mãe?- Não sei! Quantos anos (...)
Seg | 28.08.17

O mau feitio da Maria

Purpurina
 Quando a Maria nasceu achei-a linda.Já nasceu com a cara que tem hoje que, para mim era perfeitinha e maravilhosa, ainda que em nada parecida com a minha.Mas havia uma peculiaridade na Maria: a expressão dela. Ela estava séria, verdadeiramente séria, parecia quase zangada. A verdade é que a Maria não tinha aquele ar de bebé dorminhoco e inocente, ela estava de mau humor com aquela situação toda.Ora bem, quem é que a pode censurar?Durante 9 meses, esteve confortável, quentinha, (...)
Sab | 26.08.17

As minhas filhas já dormem no mesmo quarto

Purpurina
Quando viemos de férias aproveitámos toda a bagunça que estava criada com as roupas para lavar e a casa desarrumada, para fazer algumas mudanças. Uma delas foi colocar o berço da Maria no quarto da Lara e alterar a configuração dos móveis para transformar o quarto de uma menina no quarto de duas meninas.Até correu bem. O espaço ficou menor mas até ficou com um ar mais aconchegante e fofinho.Colocámos o berço em frente à cama da Lara e coube mesmo na perfeição. Não (...)
Qui | 10.08.17

As fadas dos doces

Purpurina
Na creche da Lara, quando uma criança faz anos, os pais levam um bolinho para o lanche dos meninos. As educadoras recomendam sempre que seja um bolo simples, sem cremes e sem recheio. Em alguns aniversários, existem lembranças para todos os meninos. A Lara já trouxe para casa bolachinhas, uma bandelete com orelhas de Minnie, chocolates, pipocas e rebuçados. As educadoras não dão as lembranças às crianças. Em vez disso, colocam-nas nas mochilas para trazerem para casa ao fim (...)
Sex | 04.08.17

O primeiro banho de mar da Maria

Purpurina
 Foi tão giro! Poucas coisas são tão mágicas e especiais como ver um bebé a viver experiencias pela primeira vez. A reação deles é impagável! :P No sábado foi a vez da Maria sentir a água do mar nos pés e nas perninhas (como foi a primeira vez não quis molhar muito). A Lara já tinha ido à água e estava ali ao nosso lado, toda contente a ver como reagia a Maria. O primeiro desafio superado foi colocar a Maria com os pés na areia sem ela chorar. Na última vez que (...)
Seg | 31.07.17

Como é a Maria com um aninho

Purpurina
  A Maria, aos 12 meses, é a menina mais fofa e refilona que se pode imaginar. Andar não é com ela. Gatinhar também não. A não ser na aranha. Na aranha, faz maratonas inteiras (sempre connosco a vigiar). Fala bastante: mamã, papá, papa, cocó, caca, bebé, cão, pato, olá, adeus, pé, não, já tá, dá, toma, banana, macaco... Basicamente, ela imita tudo o que tiver uma pronúncia simples e fá-lo praticamente na perfeição.Achamos que canta, porque entoa ritmos com a voz e (...)
Qua | 26.07.17

Gritos, gritos e mais gritos

Purpurina
  E eu que pensava que já me tinha safado sem grandes birras (cuspi para o ar aqui) eis que me deparo com um fim de tarde de intensa berraria. Fomos buscar a Lara e a Maria quase às 19h00. Estávamos cansados, depois de um dia mais chato, e com um humor menos interessante. Em casa, era preciso fazer uma cama de lavado (Lara tinha feito chichi), arrumar e lavar roupa, cozinhar o (...)
Qui | 20.07.17

Lara #19

Purpurina
Se pudesse descrever a Lara com uma só palavra seria: energia. Acredito que, aos 3 anos, todas as crianças sejam muito enérgicas e passem o tempo a correr, a pular e a trepar mas não deixo de me surpreender com ela.Na verdade, não vejo muitas meninas assim. Quando vamos a um parque infantil, o que ela mais gosta de fazer é trepar a coisas. Desde pequena que é assim. Se não conseguia trepar sozinha, depois de tentar bastante, pedia ajuda e insistia para que a ajudássemos a (...)
Dom | 16.07.17

Peculiaridades da maternidade #1

Purpurina
 Acordamos de manhã e reparamos que a de 3 anos fez chichi na cama. Levo a miúda para a banheira, ainda meio a dormir, visto-a  e coloco-a no sofá, onde pretende continuar a dormir (uma vez que na noite anterior levantou-se da cama 20 vezes e só decidiu dormir depois das 23h00). Já com as duas miúdas no sofá, dou as papas de aveia às duas ao mesmo tempo, mas a Maria, de um ano, come 4 vezes mais depressa que a Lara, que faz uma bola com a comida na boca e não mostra grande apetite. A bebé acaba por comer parte das papas da irmã.
Sex | 14.07.17

Identifiquei-me com esta mãe... e não foi pelos melhores motivos

Purpurina
 Ao fim de semana, e mesmo durante a semana ao fim da tarde, gostamos de ir passear com as miúdas a um jardim que tenha parque infantil com baloiços e escorregas.Foi o que fizemos no sábado. A Lara, igual a ela própria (e como qualquer criança) é toda ela energia e macacadas.Tenho feito um exercício interessante que consiste em deixar a Lara estar “à vontade” sem andar sempre atrás dela a limitar-lhe os movimentos e a pedir-lhe cautela. Claro que lhe faço recomendações e (...)
Qui | 06.07.17

A Maria já tem 1 ano

Purpurina
  Nem sei como passou o tempo! Olho para ela e vejo-a com a mesma carinha que tinha quando nasceu, tão gordinha e gostosa como há um ano atrás.Com um aninho a Maria está uma bebé gostosa, boa e cheia de personalidade.Já diz muitas coisas e tenta imitar tudo o que dizemos. Diz: mamã, papá, Dá cá, Já tá, cocó, papa, não, cão, gato, pato, pé, chucha e outras palavras simples que nos lembremos de lhe ensinar. Tem 3 dentinhos e quase um quarto a nascer. Come muito bem e, (...)
Qui | 29.06.17

Às vezes ter duas filhas é mais fácil que ter só uma

Purpurina
  Quando o dia é aborrecido, estou sozinha com a Maria doente em casa, sem grande êxito para a entreter e, quando chega a Lara, ela ri e esperneia de satisfação. Quando as coloco no parque e ficam a brincar as duas, perfeitamente entretidas, a entenderem-se numa linguagem própria e, sobretudo, felizes e tranquilas. Isto delas já brincarem juntas é uma coisa que me surpreende sempre! A Maria tem quase um ano e a Lara já tem três mas, mesmo assim, não esperava que se (...)