Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Sex | 15.12.17

Querido Pai Natal #1 Olha-me só estas prendas a metade do preço (ou menos)

Purpurina
 Portei-me muito bem este ano.Na verdade, acho que mesmo muito bem.Fui uma rapariga simpática (sempre que possível) e zanguei-me poucas vezes. Com os outros e comigo.Pratiquei a empatia e a gentileza e gostei muito de o fazer. Tive dias menos bem sucedidos mas isso pode desculpar-se com algum cansaço mental e algumas noites mal dormidas.Penso, por isso, que não será despropositado de todo se te der uma pequenas lista de presentinhos que talvez queiras ter a amabilidade de me trazer.N (...)
Qui | 23.11.17

Black Friday #2

Purpurina
 Sempre achei os artigos de decoração da La Redoute lindos... e caros (quem não).Agora, com tudo a 50% do preço normal vale mesmo a pena apostar naquele artigo em que andaram a pensar o ano inteiro, ou com o qual se cruzaram hoje e amaram à primeira vista.Eu gostei de montes de coisas e não iria com certeza comprar tudo. Vou-vos mostrando aos poucos aquilo de que gosto mais e que acho que está com um preço bastante razoável.Como estas malas, amorosas, maravilhosas, como (...)
Qua | 22.11.17

Black Friday #1 Minhas senhoras, a metade do preço!!!!!!!

Purpurina
Confesso que estou atenta a esta coisa do "Black Friday".Não tenho pachorra nenhuma para ir degladiar-me para loja apinhadas de povo faminto por consumo, mas aprecio bastante estar no conforto do meu sofá a verificar coisinhas bonitas que gostaria de ter a metade do preço.Neste sentido, e porque não sou egoísta e acho que devemos partilhar o conhecimento, vou partilhando com vocês as coisas que me chamarem mais a atenção.Começemos com estes vetidos.Clicar nas imagens para ver (...)
Seg | 20.11.17

Quando deixei de me importar com o que os outros pensavam de mim

Purpurina
Mais ou menos por volta dos 16 anos comecei a usar saltos de plataforma com 12 cm ou mais. Ficava mais alta e, consequentemente, mais magra e , na minha opinião, mais bonita. Na altura usava base todos os dias e esticava o cabelo com o secador. Nunca me maquilhei muito mas esforçava-me para disfarçar as borbulhas e imperfeições da pele. Lembro-me vagamente de querer agradar os outros, de querer parecer bonita e, apesar de não ter nada de especial contra esse conceito em si, não (...)
Sex | 10.11.17

Um bacio genial! Sim, um bacio

Purpurina
 Acho este bacio uma coisa tão espetacular que tive que fazer um artigo dedicado apenas a ele.Para vos explicar o porquê, tenho que recuar mais de um ano, até ao dia em que pensei em começar a tirar a fralda da Lara.Na altura tinha uma vaga ideia do que fazer e do material que seria necessário.Comprei um bacio e um redutor de assento. Não me lembrei do degrau para chegar à sanita e ainda não o comprei.A Lara entretanto fez o desfralde e, neste momento, só tem a fralda à noite.E (...)
Qua | 08.11.17

Sapatos de plástico?!

Purpurina
 Com certeza. Adoro.Tenho apenas umas sabrinas Melissa  e adoro-as. Como estão perfeitas e como novas não poderei comprar outras (as minhas convicções minimalistas impedem-me).Mas adoro em sabrinas, chinelos, botas, botins, sapatos... tudo.Mais fãs por aí?Tenho reparado nestes abaixo, que nunca tinha visto em Melissa, e acho lindos.Clicar nas imagens para ver preços e detalhes.  Conteúdo não suportado.
Seg | 06.11.17

Presentes de Natal para os miúdos #2

Purpurina
    Utensílios de cozinha e alimentos de madeira.Eles adoram brincar às cozinhas. Já tinha referido aqui que a cozinha de madeira é o brinquedo preferido das minhas filhas. Elas passam muito tempo ali a fingir que cozinham e a tirar e colocar objetos nas gavetas e nos armários da cozinha. Mas, para além de abrir e fechar portas e gavetas, gostam mesmo é de manusear aquelas (...)
Qui | 02.11.17

Porque é que, nós mulheres, gostamos tanto de sapatos?!

Purpurina
  Trabalhei durante 4 anos numa loja no Centro Comercial Colombo. Foram os anos mais consumistas da minha vida, até hoje.Estando no Colombo, tinha fácil acesso às novas coleções das lojas, via as novidades todas e tinha a possibilidade de ser das primeiras pessoas a comprar as coisas mais giras. Acreditem (e muitas pessoas sabem) que em Lisboa, aas peças esgotam mesmo em pouco tempo. Não gostaria de voltar àqueles tempos de consumismo absurdo em que comprava roupa todas as (...)
Seg | 30.10.17

Devia ter comprado isto

Purpurina
Com as minhas duas filhas, usei sempre canguru, que me foi emprestado para cada uma das minhas filhas por duas amigas diferentes (o último até foi oferecido e usei até a Maria ter 1 ano).Para além do canguru, usavamos o carrinho de bebé com o ovo e, mais tarde, o mesmo carrinho já adaptado para bebés mais crescidos.Confesso que não sou adepta do carrinho. Por um lado é bom porque permite que os miúdos durmam a sesta confortavelmente enquanto estamos a passear, a fazer compras, (...)
Seg | 23.10.17

Não tenho nada para vestir!!!!!

Purpurina
 Sabem aquela sensação de olharem para o roupeiro e não terem nada para vestir? Estou nessa fase. Ontem, retirei das caixas a roupa de inverno e reparei que não tinha nada de jeito para vestir. De modo que estou a sentir uma vontade maluca de renovar o guarda roupa todo. Bom… não vai ser possível renovar tudo assim de repente por isso vou começar por partes. Primeiro tenho que ver tudo o que tenho. Depois tenho mesmo que deitar fora tudo o que não estiver prestável. Há (...)
Qua | 18.10.17

Sabiam que a La Redoute vendia vestidos de noiva?

Purpurina
  Eu não fazia ideia, até me cruzar com esta realidade, num dia destes (não que andasse à procura de vestidos de noiva).Estive a espreitar os vários vestidos de noiva que têm e gostei bastante. Acho até que, se me casasse, poderia ser muito bem com um destes vestidos.São simples, bonitos e com um preço bastante razoável (agora que estão com desconto estão com valores entre os 55 e os 85 euros).Por acaso acho mesmo que um casamento pode ser lindíssimo com um vestido simples, (...)
Seg | 16.10.17

O brinquedo preferido das minhas filhas

Purpurina
Este texto podia ter como título: "Em que brinquedos uma minimalista não se importa de gastar dinheiro?"Passo a explicar para quem aqui veio parar agora: sou adepta do minimalismo em tudo, casa, móveis, decoração, objetos pessoais, brinquedos, roupa, sapatos...Raramente compro brinquedos para as minhas filhas. A maior parte dos brinquedos que têm foram-lhes oferecidos por amigos e familiares no Natal e nos aniversários.Todavia, eu e o pai, decidimos que lhes compraríamos no Natal (...)
Sex | 13.10.17

O que é que tenho dentro da minha mala?

Purpurina
 Nisto das malas minha gente, mulher mais tipica que eu não há.O que quer dizer que tenho tudo dentro da minha mala. Mas tudo é tudo, tudinho, tudo mesmo.Ora bem, podia dizer que isso é porque sou uma mulher precavida, que precisa de saber que tem à mão qualquer coisa que seja necessário e tal. Mas não. A verdade é que tenho a mala cheia de tralha.Sabem aquela tralha que se vai acumulando e, quando vamos dar por isso, não temos espaço nenhum na mala entre papéis, pacotes de (...)
Sex | 22.09.17

Vestidos intrigantes #1

Purpurina
 Às vezes dou por mim a pesquisar roupinhas e vestidos diferentes. Diferentes do que eu vestiria normalmente. É um exercício que me diverte. Podia dar-me para ver a casa dos segredos, ou para intrometer-me na vida alheia, ou até para fazer tricot (que sempre era uma coisa mais útil) mas não, dá-me para observar vestidos por aí, por essa Internet fora. Às vezes também vejo casas, fotografias artísticas e vídeos humorísticos. E vejo roupas. Vai daí apercebi-me que os folhos (...)
Qua | 20.09.17

A pensar no Natal #1

Purpurina
 Por aqui já estamos a pensar nos presentes de Natal e já decidimos o que vamos comprar para as miúdas: uma tenda. Depois de muito cogitar no assunto acho que, na fase em que estão (1 e 3 anos), vão apreciar um cantinho amoroso, cheio de almofadinhas e tesouros, onde possam estar a brincar, a ler e a relaxar. Uma espécie de cantinho “mais privado” para passarem tempo sozinhas ou uma com a outra. Ainda me lembro de ser criança e adorar fazer tendas com mantas e cobertores e (...)
Qui | 07.09.17

Vestidos que podiam habitar o roupeiro da Purpurina #1

Purpurina
   Coloquei Purpurina no título só porque sim, porque me pareceu... bonito, brilhante, glamoroso. Eu sei lá!O facto bem real é que sou uma rapariga simples, sem grande paciência para se arranjar muito mas que, bem no fundo, gosta muito de "coisas de mulheres".Eu gosto de roupa e de sapatos, gosto de unhas e lábios vermelhos, gosto de malas (pronto, mais mochilas) e gosto, sobretudo, de tudo o que tenha purpurinas e seja brilhante. Gosto mesmo. E nisto sou como os peixes: gosto de (...)
Dom | 27.08.17

Desejos vs realidade

Purpurina
 Lembro-me bem de quase todas as mochilas que tive.Lembro-me em especial de ter ido ao Cartaxo comprar uma mochila (não sei bem porquê mas íamos muitas vezes ao Cartaxo a uma zona comercial que havia lá) e ter dado de caras com uma mochila vintage, do género da mochila da imagem acima, de um amarelo mostarda, completamente diferente de qualquer mochila que alguma vez tivesse visto.Quis logo aquela, mesmo não sabendo se a iria conseguir usar ou não (na altura importava-me bem mais (...)
Qui | 03.08.17

Vestidos giros por menos de 15 euros

Purpurina
  E alguns destes por 8 euros.Usava-os a todos. São mesmo o meu género.Não posso jurar pela qualidade (teria que experimentar) mas que são uma pechincha são.Clicar nas imagens para ver preços e tamanhos disponiveis.Conteúdo não suportado. Conteúdo não suportado. Conteúdo não suportado.
Qua | 02.08.17

O pesadelo das prendas para eles

Purpurina
Sabem aquele momento magnífico, em que têm um presente maravilhoso para oferecer aos vossos namorados e estão ansiosas por viver aqueles segundos mágicos, em que a surpresa será revelada?!Eu não sei. Ou melhor, raramente sei.Oferecer presentes a alguém, principalmente alguém do sexo masculino, pode ser um verdadeiro pesadelo para mim. O ideal é encontrar, numa altura qualquer, uma coisa que sei que ele ia adorar, comprar e oferecer logo. Isso sim é aprazível e interessante.