Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qua | 23.08.17

A melhor praia portuguesa em que já estive - Santa Maria 2017 #2

E famosa. Toda a gente dizia que era uma praia maravilhosa, de águas calmas e areia branquinha, a única de areia branca dos Açores.
 
Tinha grandes expetativas em relação à praia.
 
Levantámo-nos cedo, como de costume, e fomos passar o dia à praia Formosa. Fomos só os quatro porque o bebé dos nossos amigos tem apenas 3 meses e passar um dia de agosto numa praia não seria o programa mais recomendado para ele.
 
Aproveitei o caminho para apreciar as paisagens desta ilha que são bem diferentes das de São Miguel. A terra é mais barrenta, o verde tem um tom diferente, mais parecido com o norte do continente português, e o mar parece um espelho enorme e luminoso. Não me cansava de olhar para o mar que em Santa Maria tem uma beleza tranlúcida como nenhum outro que conheça em Portugal.
 
Quando chegámos à Praia Formosa encontrámos toda aquela zona preparada para o festival de música "Maré de Agosto", que teria lugar nos próximos dias.
 
O sítio pareceu-me magnífico para um festival de música e também me pareceu bem estruturado.
 
Fixei a minha atenção na praia que me pareceu bastante extensa (as praias que conheço, nos Açores, são bastante pequenas) mas não tão fantástica como esperava.
 
A areia era fina mas a cor estava longe de ser branca, era mais uma mistura de amarelo com cinzento o que me deixou um bocadinho desiludida.
 
Bebemos café no bar/ restaurante que fica na praia e montámos um estaminé de tenda, toalhas e chapéu para abrigar as miúdas do sol.
 
E fomos à água, com as duas. Elas adoraram! E nós também. 
 
A água era fantástica. Transparente, calminha e com uma temperatura completamente inacreditável. A água parecia uma piscina aquecida. Havia zonas em que chegava a sentir uma corrente quente. Maravilhosa mesmo.
 
Tanto é que, apesar do muito calor que se fazia sentir cá fora, não havia nem um segundo de arrepio ao entrar na água: era completamente suave e agradável.
 
Fui tomar banho várias vezes (nas sete horas em que ali estivemos) e se pudesse teria ficado ali horas de molho, a mergulhar e a boiar como se fosse uma criança divertida.
 
Só consigo comparar esta praia com as praias do México. A água não é tão quente nem as águas são turquesa mas são o mais próximo que encontrei dessas praias.
 
De modo que sim, a praia Formosa, em Santa Maria, é mesmo qualquer coisa de magnífico.
 
Na hora de almoço (e horas de maior calor) estivemos no restaurante a almoçar e a fazer um bocadinho de tempo. O resto do tempo foi todo na praia.
 
Aproveitámos bastante bem aquelas horas, tendo em consideração que estávamos com uma menina de 3 anos e uma bebé de um aninho que não conseguiu dormir a sesta.
 
Recomendo totalmente esta praia como a minha preferida das que conheço nos Açores.
 
(As fotos não fazem justiça nenhuma à praia.)

IMG_3924.JPG


IMG_3891.jpg

IMG_3927.jpg

 

 

 

2 comentários

Comentar post