Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qui | 09.11.17

16 meses de Maria

Purpurina
  Um destes dias eu e o Milton estávamos com as miúdas a brincar no quarto. Entretanto começámos a conversar mais animadamente (e mais alto) e ouvimos: “Calma!”. Assim, pronunciado de uma forma perfeita: “Calma!” Fiquei espantada a olhar para a Maria. Ver aquela menina pequenina, com cara e tamanho de bebé, a pronunciar corretamente cada vez mais palavras e a aplica-las corretamente causa-me uma admiração enorme. Na creche já nos tinham dito que ela imitava tudo o (...)
Ter | 07.11.17

Conversas da Lara #9

Purpurina
“De que cor são os teus olhos Lara?” Diz ela: “ São verdes.” Respondo: “Não Lara, os teus olhos são azuis. Azuis acinzentados.” Ela: “Mudaram de cor. Agora são verdes.” Eu: “São azuis Lara.” Ela, rematando a conversa: “Vê melhor.”   
Seg | 06.11.17

Como entreter crianças de 15 meses #2

Purpurina
Com uma gaveta cheia de coisas. Eles adoram explorar, tirar coisas para fora das gavetas, voltar a coloca-las lá dentro, tirar novamente e por aí fora. Por isso, arranjei uma gaveta ao alcance da Maria e coloquei lá uma série de brinquedos adequados para ela. Tudo espalhado, sem nenhum tipo de arrumação: uma verdadeira gaveta de “tralha”. Ela adora e fica a explorar a gaveta durante imenso tempo. Eventualmente lá tira alguma coisa que lhe interessa mais e senta-se a brincar (...)
Dom | 05.11.17

Com um ano, a miúda já é gulosa!

Purpurina
 Com um ano, a miúda já é gulosa! Com a Lara, que tem agora 3 anos e meio, habituei-me a comer gelados à vontade. Não os como todos os dias mas, no verão, até posso comer todas as semanas. Ela não gosta, acha demasiado frio, e mesmo que lhe ofereça o mais certo é recusar. No outro dia fomos almoçar fora os quatro e o menu de criança da Lara incluía um mini gelado que ela, naturalmente, não quis. Preparo-me para comer o gelado, toda contente, quando olho para o lado e (...)
Sex | 03.11.17

Quando cuido das minhas filhas estou a cuidar da minha criança interior

Purpurina
Muitas vezes olhos para as minhas filhas, principalmente para a Lara que é claramente mais parecida comigo, e vejo a criança que fui. Ou melhor, vejo uma versão muito melhor da criança que fui. Olho para as minhas duas meninas e vejo-me menina, assumo os meus pensamentos, os meus medos e as minhas alegrias de infância. Quando beijo as minhas filhas de noite e lhes digo que são a minha maior felicidade e alegria, estou a fazer exatamente aquilo que me faria sentido como criança.
Sex | 03.11.17

Como estava a chover pintámos os vidros da janela da cozinha

Purpurina
  E foi mesmo muito giro! Vi esta atividade neste canal de youtube que sigo assiduamente e pareceu-me logo fantástica para fazer cá em casa. A atividade consiste em pintar nos vidros das janelas e depois limpar tudo. Portanto, perfeito para quem não tem quintal ou varanda e tem uma menina de 3 anos sempre cheia de vontade de fazer coisas novas e divertidas. Aproveitámos um dia de fim de semana em que o (...)
Qua | 01.11.17

As minhas filhas não participam no Halloween

Purpurina
  O Halloween nunca foi uma festividade a que ligasse muito. Só há uns anos é que me familiarizei com esta tradição americana (já vivia nos Açores) e, à exceção de jantares com amigos não tenho o hábito de participar nesta festa. É mais ou menos como o carnaval. Ainda assim, nada tenho contra as comemorações e até acho que tudo o que motiva festa e alegria é uma coisa boa e desejável. No caso do Halloween dispenso bem a parte em que sujam e muitas vezes danificam as (...)
Ter | 31.10.17

As crianças têm sempre razão

Purpurina
  Ontem  a minha filha mais velha, de 3 anos e meio, passou o dia a fazer birras. Choramingava por isto ou por aquilo, aborrecia a irmã mais nova, quando saímos de casa não andava direita, sentava-se no chão, pedia colo a toda a hora e o mais comum de tudo: fazia constantemente o contrário do que lhe dizíamos para fazer e desafiava-nos a toda a hora. Confesso que perdi a paciência várias vezes, principalmente quando estávamos fora de casa. Falei mais vezes do que gostaria de (...)
Sab | 28.10.17

5 ideias para entreter um bebé de 15 meses

Purpurina
 Fruto do tempo, da idade e da creche, a Maria tem apanhado umas "ites" que nos fizeram ficar em casa durante as últimas duas semanas. Felizmente a Maria é uma bem disposta (apesar da personalidade forte) e está a entrar numa fase muito engraçada, em que só quer é folia e brincadeira. Por isso, apesar de não poder sair de casa e estar a tomar medicamentos, está sempre bem disposta e cheia de genica. A questão é entretê-la durante o dia todo, numa casa sem espaço exterior.A (...)
Qui | 26.10.17

3 coisas que enervam MUITO uma mãe

Purpurina
 1- Quando a nossa filha que tem estado doente e irritadiça finalmente adormece e, de repente, sem que nada o pudesse prever, alguém começa a apitar descontroladamente o carro na rua.Começo logo a ver tudo vermelho. 2- Quando a nossa filha de um ano já não quer mais comida e, sem que tenhamos tempo de reação, manda a tigela pelo ar e dá-nos (às duas) um banho de sopa.3- Quando essa mesma querida de um aninho está aborrecida e, no nosso colo de costas para nó, resolve mandar a (...)
Ter | 17.10.17

15 meses de Maria

Purpurina
 A Maria tem 15 meses, está entre um ano e um ano e meio, aquela idade em que ainda é bebé mas começa, muito rapidamente, a deixar de ser.Parece-me que é nesta idade que a quero pegar ainda mais no colo, dar-lhe mais beijos, fazer-lhe festinhas naquele cabelinho curtinho e castanho, apertar-lhe aquelas bochechas boas uma data de vezes (agora que ainda posso fazer isso porque ela vai deixando).Com 15 meses a Maria surpreende-me todos os dias (não estou sempre a dizer isto?).- (...)
Ter | 10.10.17

A biblioteca voltou a abrir aos sábados! Viva!!!!!

Purpurina
  Chegou outubro e, com outubro o horário de inverno da biblioteca pública de Ponta Delgada. Eu já andava a ressacar imenso com o facto de nunca mais ter ido à biblioteca. Com o horário de verão, em que a biblioteca fecha ao sábado e às 17h00 nos dias de semana, era completamente impossível ir lá. Muito menos com as miúdas. Agora, com os dias de chuva, nada melhor que ir até à biblioteca ao sábado à tarde, explorar os livros e fazer os jogos giros e didáticos que estão (...)
Seg | 09.10.17

Recortes dos nossos dias

Purpurina
 Hoje, quando estavamos a sair de casa de um casal de amigos, o nosso amigo tinha a Maria ao colo e a determinada altura dissemos à Lara que a Maria ficaria na casa dos nossos amigos naquela noite (ou durante uns dias, não sei). A Lara voltou imediatamente para trás, aflita e disse que não, que a Maria tinha que vir connosco para casa. Eu perguntei porquê, já que têm tido tantos desentendimentos.  Ela, com um ar mesmo aflito disse: "Porque eu gosto dela." E havia tanta verdade (...)
Dom | 08.10.17

Arrumar e organizar os brinquedos das crianças

Purpurina
   Cá em casa somos bastante minimalistas. Somos mesmo. Não compramos brinquedos com regularidade nem encorajamos outras pessoas a fazê-lo. Ainda assim, os brinquedos vão-se acumulando. E, por mais estranho que pareça, as miúdas brincam mesmo com tudo. Mesmo. Quando vou dar por isso, tenho o quarto ou a sala cheio de brinquedos de todos os géneros e feitios. São vários tipo de brinquedos de construção misturados, pequenas peças magnéticas, cubos de borracha, sapatinhos (...)
Qui | 28.09.17

Amor de irmã

Purpurina
Ontem, eu e o Milton fomos buscar as miúdas à escola e pegámos na Lara primeiro. Quando chegámos ao pé da Maria, que estava ao colo de uma auxiliar, ela começou logo a rir e a esbracejar toda feliz. E adivinhem quem é que ela começou logo a chamar? A Lara pois claro. Era vê-la a rir com os olhos brilhantes de felicidade e a dizer: “Lara!” repetidamente. Qual mamã e papá. A Lara é que é fixe. 
Qui | 28.09.17

Como a Maria resolve os seus problemas

Purpurina
A Maria, com quase 15 meses, tem uma forma peculiar de contornar a realidade que não lhe apraz. Percebemos a sua técnica no fim de semana passado quando fomos passear nas Portas do Mar, ao fim da tarde. A determinada altura encontrámos uma coleguinha da escola dela, com os pais. Naturalmente parámos a conversar um bocadinho e a mãe da coleguinha, que sempre foi muito querida e simpática com a Maria, começou a falar com ela. E a Maria o que fez? a) Riu-se e pôs-se a tagarelar, (...)
Seg | 25.09.17

A minha filha de 3 anos já sabe escrever

Purpurina
Ontem, antes de dormir, a Lara estava a brincar com as letras do Scrabble. Ela ia pedindo para escrevermos palavras e eu ia-lhe dando as letras certas para as palavras que ela queria escrever: pai, avó, mão, Carla, Maria. Eu ia-lhe dando as letras e ia dizendo qual a ordem certa, claro. De repente ela disse que ia escrever Lara. E escreveu. Quando fomos ver tinha escrito Lara com as letras do scrabble. Pronto, ela já viu Lara escrito muitas vezes e com certeza decorou mas fiquei (...)
Seg | 18.09.17

Maria, a safadinha

Purpurina
Fomos até à Quinta dos Açores beber um café e comer um geladinho de chocolate com queijo de São Jorge.A Maria estava na sua cadeirinha de bebé, com um xilofone de madeira à frente, toda contente a tocar e a "cantar" a roda do autocarro à sua maneira.Na mesa ao lado estava um casal com dois filhos, sendo que o mais novinho, com uns 3 anos, estava a olhar para a Maria a tocar xilofone.E não é que a miúda, com os seus 15 meses, começou a exibir-se e a sorrir para o miúdo?!Fartám (...)
Sab | 09.09.17

Fiz um questionário à minha filha de 3 anos

Purpurina
Encontrei aqui, no blogue de uma amiga, um desafio que me pareceu muito giro para fazer com a Lara.É um conjunto de perguntas cujas respostas prometem ser, no mínimo, engraçadas. :DVerifiquem. :DQual é o teu nome?- Lara Quantos anos tens?- 3 Quando fazes anos?- Não sei Qual o nome da mãe?- Carla Qual o nome do pai?- Milton Quantos anos tem a mãe?- Não sei! Quantos anos (...)
Sex | 08.09.17

10 atividades para fazer com crianças nas férias #1

Purpurina
  - Brincar com água de todas as formas possíveis e imaginárias. Aproveitar o quintal, as piscinas e a praia para fazer todas as brincadeiras com água que não é tão prático fazer dentro de casa. Trazer as banheiras das bonecas, os bacios e os biberões para fazer a festa do chichi e dos banhos.- Observar, conviver e brincar com animais. Durante as nossas férias em Santa Maria, fizemos uma amiguinha de 4 patas, a gatinha Manteiga, de um vizinho, pequenina e meiguinha, foi a (...)