Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Seg | 06.02.17

Vou ter que dar o meu gatinho

Acácio.jpeg

 

Estou a tentar levar isto com alguma leveza porque o drama e a choradeira não ajudam ninguém, mas não está fácil.

 

A minha filha de 7 meses, a Maria, tem um forma muito agressiva de eczema e quando a dermatologista me disse que eu não podia ter um gato, achei que valia a pena esperar um pouco e ver se a Maria melhorava. 

 

Hoje, quando voltei à consulta porque a Maria não melhorou, fui completamente proibida de ter o gato em casa... Sendo que não tenho quintal (e ele também não poderia estar num quintal porque não tem unhas nas 4 patas) não o posso ter de todo.

 

O Acácio é um bom gato. O pior defeito dele é ser chato e querer estar sempre agarrado a nós, a levar festinhas. Atura a Lara, de 3 anos, com toda a paciência do mundo. E a nós também.

 

Ele é muito assustadiço. Demorámos algum tempo a ganhar a confiança dele mas depois de a ganharmos, não nos saíu mais de cima.

 

A Maria gosta muito dele. Ri-se quando o vê e segue-o com o olhar para todo o lado... Mas não podemos mesmo ficar com ele.

 

Já chorei baba e ranho mas, sendo que é "ou a minha filha ou o gato" vou por-me em mim e seguir em frente.

 

Posto isto, alguma alma meiguinha e apreciadora de gatos, residente em São Miguel (vou precisar de cadastro) gostaria de acolher um felino amarelo muito carente e fofinho?

 

Podem saber mais sobre ele aqui.

 

Seg | 06.02.17

As nossas conversas #6

À noite, já com as miúdas deitadas, começamos a ver uma comédia francesa.

 

Eu:

 

“Gosto muito de cinema francês. Acho que é o meu “tipo” de cinema preferido.

E o teu qual é?”

 

Ele:

 

“O meu “tipo” de cinema preferido é o Bom.”